Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/03/2004 14:19

Ministro fala sobre a reforma universitária no senado

Agência Câmara

O ministro da Educação, Tarso Genro, disse que a universidade pública deve funcionar como instrumento de redução das desigualdades regionais. Em resposta aos senadores Mão Santa (PMDB-PI) e Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), o ministro assumiu o compromisso formal de remeter, para apreciação do Congresso Nacional, provavelmente em novembro próximo, um projeto de lei de reforma do ensino superior, “ou uma lei orgânica que institua os marcos regulatórios e promova, de maneira clara, as políticas públicas relacionadas com a reforma do ensino superior”. Tarso Genro voltou a dizer que algumas questões, por sua urgência e relevância, poderão ser tratadas por medida provisória. Mas elas poderão ser integradas ou revogadas na reforma do ensino superior, que será tratada em projeto de lei, destacou. Sobre a política de cotas nas universidades, Tarso Genro disse manter a posição de que a questão da pobreza é a questão essencial. “Mencionei que raça e condição social no Brasil estão integradas pela estrutura perversa que herdamos, originária da escravatura”, lembrou. Após a fala do ministro, o presidente da Comissão de Educação (CE), senador Osmar Dias (PDT-PR), encerrou a audiência pública sobre a reforma universitária.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)