Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/01/2008 14:03

Ministro discute cortes no Orçamento com líderes às 15h

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, reúne-se hoje, às 15 horas, com os líderes partidários na Câmara e no Senado para discutir os cortes de R$ 20 bilhões no Orçamento deste ano. Segundo o ministro, será feita uma apresentação aos líderes com sugestões para ajustar as despesas. Ele antecipou, no entanto, que a maior parte dos cortes para compensar a perda da CPMF deve incidir sobre os gastos do Executivo.

"O trabalho mais difícil começa agora: fazer o corte virar realidade, detalhando cada despesa, cada ministério, cada obra. Desses R$ 20 bilhões, talvez 90% recaiam sobre as despesas do Executivo. Eu não tenho ainda essa proporção fechada, mas tem de ser proporcional à dotação orçamentária, porque senão haveria um peso muito grande no Legislativo e no Judiciário", explicou Paulo Bernardo.

O ministro voltou a defender a preservação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas admitiu que os recursos podem ser remanejados de acordo com o andamento das obras.

Já os reajustes para servidores (inclusive militares) estão descartados neste momento. Paulo Bernardo destacou que primeiro é preciso recompor o Orçamento, para então conversar sobre reajustes. O ministro voltou a defender a suspensão das emendas coletivas de parlamentares.

O relator do Orçamento, deputado José Pimentel (PT-CE), disse que as emendas individuais e coletivas não serão tratadas de forma diferenciada. "As emendas integram o Orçamento dos três poderes; não são peças avulsas. As individuais atendem prioritariamente aos municípios, e as coletivas atendem aos estados, ao Distrito Federal, ao Executivo, ao Legislativo ao Judiciário e também ao Ministério Público; portanto, as emendas fazem parte do orçamento e serão tratadas dessa maneira", disse.



Agência Câmara

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)