Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/09/2004 10:52

Ministro defende liberdade de imprensa

STJ

A criação do Conselho Federal de Jornalismo foi o principal alvo de críticas de empresários do setor de comunicação nesta terça-feira (14) durante as comemorações dos 25 anos da Associação Nacional de Jornais (ANJ) e da posse da nova diretoria da entidade. Para um auditório lotado de empresários e do qual fazia parte o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o novo presidente Nelson Pacheco Strotsky fez uma declaração contundente contra o projeto enviado pelo governo federal ao Congresso Nacional. No mesmo sentido, o ex-presidente da entidade Paulo Cabral se manifestou durante o discurso. O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Edson Vidigal, que participou da cerimônia, destacou a importância da liberdade da imprensa.

O novo presidente da ANJ disse que outro grande desafio dos jornais é o aumento na participação do mercado publicitário brasileiro, hoje na faixa de 20%. Ele informou também ser necessário o aumento da circulação de exemplares, hoje na faixa 1,5%, ou 6,5 milhões de jornal/dia, contra 390 milhões de exemplares vendidos no mundo.

Em seu discurso, o presidente Lula destacou a importância dos meios de comunicação no fortalecimento da democracia. Disse que, no que dependesse dele, os jornais continuariam no regime democrático, não voltando à época em que o governo controlava o que era publicado pela imprensa.

Roberto Cordeiro

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)