Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

10/04/2008 14:08

Ministro da Pesca diz que só usou o cartão a trabalho

Agência Câmara

O ministro da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca, Altemir Gregolin, reafirmou na CPMI dos Cartões Corporativos que todos os seus gastos com esse cartão foram feitos durante agenda de trabalho. Ele disse que já respondeu à Controladoria-Geral da União (CGU) sobre acusações de mau uso do cartão e que, por orientação do órgão federal, devolveu R$ 512,60 pagos a uma churrascaria em Brasília.

Gregolin informou que esse dinheiro foi usado no pagamento de almoço de uma delegação chinesa. Segundo ele, havia entendimento da secretaria de que o gasto poderia ser feito porque se tratava de despesas com comitiva estrangeira. Ele informou que a CGU, no entanto, não aceitou essa justificativa e, por isso, ele devolveu o valor gasto no restaurante aos cofres públicos. A CGU considerou que o cartão não poderia ser usado para despesas com alimentação em Brasília.

O ministro disse que, no caso de R$ 70 gastos com o cartão em uma choparia em Ribeirão Preto (SP), a despesa ocorreu durante almoço após cumprir agenda de trabalho na cidade. Ele informou que permaneceu no município das 9 às 15 horas e que a nota é de 14 horas.

Gregolin contestou ainda informações divulgadas pela imprensa de que ele esteve sete vezes em Chapecó-SC (cidade onde morava antes de ser ministro) em 2007. Ele afirmou que esteve apenas durante dois dias (26 e 27 de maio de 2007) em eventos oficiais na cidade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)