Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/04/2008 14:08

Ministro da Pesca diz que só usou o cartão a trabalho

Agência Câmara

O ministro da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca, Altemir Gregolin, reafirmou na CPMI dos Cartões Corporativos que todos os seus gastos com esse cartão foram feitos durante agenda de trabalho. Ele disse que já respondeu à Controladoria-Geral da União (CGU) sobre acusações de mau uso do cartão e que, por orientação do órgão federal, devolveu R$ 512,60 pagos a uma churrascaria em Brasília.

Gregolin informou que esse dinheiro foi usado no pagamento de almoço de uma delegação chinesa. Segundo ele, havia entendimento da secretaria de que o gasto poderia ser feito porque se tratava de despesas com comitiva estrangeira. Ele informou que a CGU, no entanto, não aceitou essa justificativa e, por isso, ele devolveu o valor gasto no restaurante aos cofres públicos. A CGU considerou que o cartão não poderia ser usado para despesas com alimentação em Brasília.

O ministro disse que, no caso de R$ 70 gastos com o cartão em uma choparia em Ribeirão Preto (SP), a despesa ocorreu durante almoço após cumprir agenda de trabalho na cidade. Ele informou que permaneceu no município das 9 às 15 horas e que a nota é de 14 horas.

Gregolin contestou ainda informações divulgadas pela imprensa de que ele esteve sete vezes em Chapecó-SC (cidade onde morava antes de ser ministro) em 2007. Ele afirmou que esteve apenas durante dois dias (26 e 27 de maio de 2007) em eventos oficiais na cidade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)