Cassilândia, Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

19/02/2016 08:50

Ministério torna obrigatória a notificação de casos de zika vírus

Ricardo Campos Jr., Campo Grande News

O Ministério da Saúde tornou obrigatória a notificação dos casos de zika vírus, conforme portaria publicada nesta quinta-feira (18) no Diário Oficial da União. Isso significa que todas as secretarias municipais e estaduais deverão informar ao Governo Federal todas as vezes que um paciente apresentar os sintomas da doença ou tiver confirmada por exames a presença do vírus no organismo.

A medida, conforme o texto, deve ajudar a organizar as ações de combate ao vetor, uma vez que apontarão os locais com maior incidência do problema, e também contribuir na elaboração de estatísticas mais seguras sobre o número de doentes.

Conforme o secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Nelson Tavares, aproximadamente 80% dos casos de zika são notificados no estado, o que leva a crer que o número de infectados seja bem maior.

Ele anunciou hoje que a pasta irá elaborar boletins epidemiológicos separados com dados sobre a dengue e zika. As informações de casos notificados e confirmados serão divulgadas separadamente a partir da próxima semana.

Segundo a tabela do Ministério da Saúde, estados e municípios têm uma semana para informar o Governo Federal sobre casos agudos da doença e até 24 horas para comunicar suspeitas em gestantes e mortes que podem estar ligadas ao zika ou que já tenham sido atribuídas ao zika por meio de exames.

A mesma portaria também traz os prazos de notificação para outras 48 doenças, incluindo a dengue, que tem prazo de uma semana para casos agudos e um dia para óbitos.

No caso da chikungunya, as secretarias locais têm uma semana para informar casos leves e 24 horas para comunicar mortes e casos em áreas sem transmissão do vírus.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 25 de Setembro de 2017
Domingo, 24 de Setembro de 2017
18:01
Município suspende aulas
11:00
Mundo fitness
10:00
Receita do dia
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)