Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/02/2016 08:50

Ministério torna obrigatória a notificação de casos de zika vírus

Ricardo Campos Jr., Campo Grande News

O Ministério da Saúde tornou obrigatória a notificação dos casos de zika vírus, conforme portaria publicada nesta quinta-feira (18) no Diário Oficial da União. Isso significa que todas as secretarias municipais e estaduais deverão informar ao Governo Federal todas as vezes que um paciente apresentar os sintomas da doença ou tiver confirmada por exames a presença do vírus no organismo.

A medida, conforme o texto, deve ajudar a organizar as ações de combate ao vetor, uma vez que apontarão os locais com maior incidência do problema, e também contribuir na elaboração de estatísticas mais seguras sobre o número de doentes.

Conforme o secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Nelson Tavares, aproximadamente 80% dos casos de zika são notificados no estado, o que leva a crer que o número de infectados seja bem maior.

Ele anunciou hoje que a pasta irá elaborar boletins epidemiológicos separados com dados sobre a dengue e zika. As informações de casos notificados e confirmados serão divulgadas separadamente a partir da próxima semana.

Segundo a tabela do Ministério da Saúde, estados e municípios têm uma semana para informar o Governo Federal sobre casos agudos da doença e até 24 horas para comunicar suspeitas em gestantes e mortes que podem estar ligadas ao zika ou que já tenham sido atribuídas ao zika por meio de exames.

A mesma portaria também traz os prazos de notificação para outras 48 doenças, incluindo a dengue, que tem prazo de uma semana para casos agudos e um dia para óbitos.

No caso da chikungunya, as secretarias locais têm uma semana para informar casos leves e 24 horas para comunicar mortes e casos em áreas sem transmissão do vírus.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)