Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/07/2005 13:00

Ministério revoga liberação para gado e carne paraguaia

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Após pressão de pecuaristas, o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) anunciou esta manhã a revogação da portaria que liberou a entrada de gado e carne com osso do Paraguai em Mato Grosso do Sul. A informação, divulgada pelo governo, foi dada pelo secretário de Desenvolvimento Agropecuário do Mapa, Márcio Portocarrero.

“O ministro tomou conhecimento do impacto que a portaria causou, chamou os responsáveis e anunciou que irá revogar a medida”, disse Portocarrero. O ministro reconheceu que a medida, antes de ser baixada, deveria ser submetida à Câmara Setorial da Carne. “Toda medida que causa impacto econômico ou tecnológico deve ser submetida às câmaras setoriais”, disse Márcio Portocarrero.

Portocarrero reconhece que o Brasil pode ser obrigado a abrir espaço no mercado interno para a carne paraguaia, caso assim decida a OMC (Organização Mundial do Comércio), à qual o Paraguai já informou que pretende recorrer, uma vez que tem desde maio reconhecimento de área livre de febre aftosa com vacinação pela OIE (Organização Internacional de Epizootias). Enquanto isso não acontece, o ministro Roberto Rodrigues decidiu revogar a portaria e submeter o problema à Câmara Setorial da Carne.

Os produtores consideram concorrência desleal a com o Paraguai uma vez que naquele País os custos de produção são 50% menores, segundo a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul). Além disso, enfrentarão a concorrência do Mato Grosso, maior rebanho bovino do País, onde a alíquota de ICMS para saída de gado caiu de 12% para 3%. No Estado a redução foi de apenas R$ 1,10 na pauta do boi gordo, incluindo impostos, o que significa cerca de R$ 0,132 por arroba comercializada.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)