Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/11/2005 09:14

Ministério reduz áreas interditadas no MS e PR

Keite Camacho/ABr

As áreas interditadas no Mato Grosso do Sul, por causa dos focos de febre aftosa, e no Paraná, por suspeita da doença, foram reduzidas pelo secretário de Defesa Agropecuária, Gabriel Alves Maciel. A medida só entra em vigor, no entanto, depois que os dois estados publicarem a relação das propriedades localizadas nessas regiões. O secretário assinou a Instrução Normativa nº 36, publicada no Diário Oficial da União dessa sexta-feira (25).

O ato revoga a Instrução Normativa nº 34, de 31 de outubro deste ano, que determinou a área de segurança sanitária para os municípios de Eldorado, Japorã e Mundo Novo e parte de Iguatemi e Itaquiraí, todos em MS. No Paraná, a área de risco foi reduzida para um raio de 10 quilômetros, abrangendo os municípios de Loanda, Maringá, Amaporã e Grandes Rios.

A decisão foi tomada com base no resultado das inspeções feitas em propriedades rurais e das avaliações clínicas em animais, segundo a assessoria de Comunicação Social do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

De acordo com a medida, fica proibida a saída de animais sujeitos à aftosa, produtos e subprodutos, bem como "materiais de multiplicação" das áreas de risco para os mercados interno e externo.

Com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)