Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

17/08/2006 20:38

Ministério descarta novo foco de aftosa em MS

rmtonline


O Ministério da Agricultura descartou hoje a presença de um novo foco de febre aftosa na região sul do Estado, mas os técnicos estudam a possibilidade de voltar a abater animais na região. Os técnicos do Ministério da Agricultura, veterinários da Superintendência Federal de Agricultura (SFA) e da Iagro passaram dois dias reunidos em Campo Grande para chegar a um consenso sobre o resultado de exames de sangue feitos em 2.500 animais da região.

Parte das amostras revela que havia anticorpus do vírus da aftosa em 62% dos animais de 68 propriedades. A notícia interfere diretamente em três municípios do Sul do Estado, Eldorado, Japorã e Mundo Novo, que seriam desinterditados e poderiam voltar a comercialização de gado nos próximos dias. A culpa, dizem as autoridades sanitárias, é dos próprios produtores que vacinaram os rebanhos mesmo com a proibição da Agência de Defesa Animal. De acordo com o Diretor-Presidente da Iagro e secretário de Produção e Turismo, João Cavalléro, os pecuaristas que não cumpriram a determinação “vão pagar caro”.

O Ministério da Agricultura descartou que haja novo foco de aftosa na região, mas vai se reunir nesta sexta-feira, em Brasília, para decidir se vai abater os animais que apresentaram os anticorpus da febre aftosa. Na reunião, o Grupo Especial de Atenção à Saúde Animal também vai decidir quando serão feitas novas coletas de sangue na região.




Fonte: Redação TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)