Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/08/2011 08:50

Ministério da Saúde tem guia de alimentação on line

Agência do Rádio

Na mesa da segurança Expedita Pereira Gonçalves, de 38 anos, não tem lugar para refrigerantes, frituras e enlatados. Mãe de quatro filhos, a segurança dá preferência a alimentos naturais como frutas, verduras e legumes.

\"A regra na minha casa é não entrar refrigerantes e o máximo que eu posso evitar de coisas enlatadas, eu evito. Inclusive, no meu quintal eu tenho uma horta que sempre utilizo coisas da minha horta para fazer o alimento dos meus filhos.\"

É para multiplicar exemplos como o dela que o Ministério da Saúde disponibiliza para a população e profissionais de saúde, desde 2006, o Guia Alimentar da População Brasileira. A publicação dá o passo a passo de como deve ser uma alimentação saudável. A cartilha explica detalhadamente quantas vezes por dia e por semana as pessoas devem comer frutas, verduras, legumes, feijões e cereais, sempre dando preferência aos integrais. Além desses alimentos, a publicação traz informações sobre o feijão e alimentos ricos em proteínas, a importância da água e da atividade física, entre outros tópicos. O coordenador adjunto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Eduardo Nilson, explica que o guia tem o objetivo de facilitar ajudar as pessoas a fazerem escolhas mais nutritivas.

\"Justamente trazendo esses alimentos mais protetores e saudáveis, como são os alimentos básicos, mas buscando a substituição daqueles alimentos que são mais inadequados, principalmente, quando consumidos em excesso, inclui os alimentos processados, por alimentos que têm um teor energético mais baixo mas, ao mesmo tempo, um conteúdo nutricional maior.\"

A Pesquisa de Orçamento Familiar financiada pelo Ministério da Saúde e conduzida pelo IBGE revela que o brasileiro consome em excesso açúcar, sódio e gorduras saturadas. O Ministério da Saúde alerta que esse hábito pode trazer conseqüências, no futuro, como obesidade, diabetes e hipertensão. O coordenador adjunto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Eduardo Nilson, diz que o ministério deve atualizar o guia com base nesse novo panorama.

\"Com base nesses dados novos que estão surgindo e em outras informações, vai ser iniciado, inclusive, o processo de revisão desse guia, no sentido de trazer essas informações mais atuais. Mas a informação que nós temos no guia que atualmente está disponível é essencial para uma vida saudável baseada em uma alimentação saudável. \"

Para acessar o Guia de Alimentar para a População Brasileira basta entrar na página de nutrição do Portal Saúde, www.saude.gov.br.

Reportagem, Alexandre Souza


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)