Cassilândia, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

Últimas Notícias

22/03/2018 10:20

Ministério da Saúde aponta 4 casos de febre amarela sob suspeita em MS

Midiamax

 

​Boletim do Ministério da Saúde, divulgado nesta quarta-feira (21), aponta quatro casos sob suspeita de febre amarela em Mato Grosso do Sul. Conforme os dados, entre 1 de julho de 2017 e 20 de março de 2018, nove casos suspeitos foram notificados, mas cinco já foram descartados, após a realização de exames.

Conforme o levantamento, que traz dados repassados por todas as Secretarias de Saúde do país, 4.102 casos suspeitos foram registrados no país no período em questão. Destes, 2.150 já foram descartados, 1.098 confirmados e 854 ainda estão sob investigação.

Segundo o Ministério da Saúde, 340 óbitos foram registrados no período, dos quais 142 apenas no estado de Minas Gerais. 129 óbitos foram registrados no estado de São Paulo e 68 no Rio de Janeiro. Distrito Federal registrou uma morte até o momento.

A reportagem do Jornal Midiamax tentou contato com a SES (Secretaria de Estado de Saúde) para saber mais detalhes sobre as informações apresentadas no boletim, mas até a publicação desta reportagem, não obteve sucesso.

Investigação
Segundo o boletim, há casos pendentes de descarte nos estados do Amapá (2), Amazonas (3), Pará (9), Rondônia (1), Tocantins (2), Alagoas (6), Bahia (17), Ceará (1), Maranhão (2), Paraíba (4), Pernambuco (2), Piauí (2), Distrito Federal (18), Goiás (22), Espírito Santo (24), Minas Gerais (323), Rio de Janeiro (40), São Paulo (316), Paraná (14), Rio Grande do Sul (16) e Santa Catarina (26).

Ainda segundo o boletim, estados de Acre, Roraima, Rio Grande do Norte, Sergipe e Mato Grosso permanecem sem casos investigados.

Vacinação
Na terça-feira (20), o Ministério da Saúde anunciou que a vacinação contra a febre amarela passou a ser recomendada para todo território brasileiro. A decisão foi tomada após o segundo ano de alta no número de casos da doença, além da maior proximidade do vírus nas áreas urbanas.

De acordo com o cronograma do governo, a ampliação da vacinação ocorrerá de forma gradual até abril de 2019. No Rio de janeiro, São Paulo e Bahia, a vacinação continuará a ser feita com doses fracionadas.

Conforme o Ministério da Saúde, devem ser vacinadas cerca de 77,5 milhões de pessoas em todo país, número correspondente à estimativa atual de pessoas não vacinadas nessas áreas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 18 de Setembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 17 de Setembro de 2018
14:59
Cassilândia
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Domingo, 16 de Setembro de 2018
17:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)