Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

27/05/2009 19:34

Ministério autoriza a compra de 10 mil bois do Paraguai

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

O Ministério da Agricultura autorizou Mato Grosso do Sul a comprar até 10 mil bovinos por ano do Paraguai. Pela proposta, será aberto um corredor sanitário na ZAV (Zona de Alta Vigilância) para a venda do gado para o Estado.

Segundo o governador André Puccinelli (PMDB), a medida tem o objetivo de garantir a reativação do frigorífico Marfrig em Porto Murtinho, a 484 quilômetros da Capital. A unidade deverá gerar 400 empregos diretos e tem capacidade para abater 800 bovinos por dia.

A secretária estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção e do Turismo, Tereza Cristina Corrêa, criticou a reação da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), que alertou para os riscos da importação de gado em pé do Paraguai.

“Estão fazendo uma tempestade em copo d’água”, ressaltou. Ela explicou que o Governo estadual fez uma consulta prévia sobre a importação ao Ministério da Agricultura. O órgão brasileiro deu sinal verde, só faltando a concordância do Governo paraguaio.

Tereza Cristina disse que só serão 10 mil animais por ano. Além de garantir o funcionamento do frigorífico, a compra tem o objetivo de equilibrar o mercado regional. A secretária fez as contas, dizendo que são 500 animais por dia, o que significa 20 dias por ano.

Os frigoríficos do Estado abatem de 250 a 300 mil bovinos por mês, segundo a secretária.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)