Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/05/2009 19:34

Ministério autoriza a compra de 10 mil bois do Paraguai

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

O Ministério da Agricultura autorizou Mato Grosso do Sul a comprar até 10 mil bovinos por ano do Paraguai. Pela proposta, será aberto um corredor sanitário na ZAV (Zona de Alta Vigilância) para a venda do gado para o Estado.

Segundo o governador André Puccinelli (PMDB), a medida tem o objetivo de garantir a reativação do frigorífico Marfrig em Porto Murtinho, a 484 quilômetros da Capital. A unidade deverá gerar 400 empregos diretos e tem capacidade para abater 800 bovinos por dia.

A secretária estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção e do Turismo, Tereza Cristina Corrêa, criticou a reação da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), que alertou para os riscos da importação de gado em pé do Paraguai.

“Estão fazendo uma tempestade em copo d’água”, ressaltou. Ela explicou que o Governo estadual fez uma consulta prévia sobre a importação ao Ministério da Agricultura. O órgão brasileiro deu sinal verde, só faltando a concordância do Governo paraguaio.

Tereza Cristina disse que só serão 10 mil animais por ano. Além de garantir o funcionamento do frigorífico, a compra tem o objetivo de equilibrar o mercado regional. A secretária fez as contas, dizendo que são 500 animais por dia, o que significa 20 dias por ano.

Os frigoríficos do Estado abatem de 250 a 300 mil bovinos por mês, segundo a secretária.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)