Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/02/2005 15:37

MG: FAEMG recomenda retenção de boi

Famasul Notícias

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG) orienta os pecuaristas mineiros a reterem o boi no pasto, visando promover um ajuste na oferta de gado. A FAEMG acata recomendação do Fórum Nacional Permanente de Pecuária de Corte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O Fórum reage à ação dos frigoríficos de definir conjuntamente regras para a compra de boi, sem consultar os criadores, nivelando para baixo os preços de comercialização.

"A retenção de gado é uma atitude perfeitamente legítima para equilibrar o mercado, já que a oferta é grande e os frigoríficos estão pagando preços seguidamente decrescentes aos seus fornecedores, enquanto os valores unitários das exportações estão crescentes", ressalta o presidente da FAEMG, Gilman Viana Rodrigues. Segundo ele, a CNA já reuniu uma farta documentação que comprova essa prática dos frigoríficos e deve encaminhar denúncia aos órgãos de defesa de concorrência contra a cartelização.

"A distribuição de tabelas de valores iguais a serem pagas aos fornecedores de gado para abate, expedidas por diferentes frigoríficos para todas as regiões do país, indica claramente um procedimento de cartel", sublinha Gilman Viana. Assim, ele ressalta que a retenção é um desafio para o setor pecuário brasileiro mostrar o seu poder de articulação e organização.

Para Gilman Viana, não se justifica a ação dos frigoríficos, já que a oferta é boa, as exportações vêm crescendo e os preços internacionais estão satisfatórios. Em 2005, o Brasil deve ser, pelo terceiro ano consecutivo, o maior exportador mundial de carne bovina. O país exportou, no ano passado, 1,854 milhão de toneladas, com receita de US$ 2,457 bilhões.

Autor:
Assessoria de imprensa da FAEMG, adaptado por Equipe BeefPoint

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)