Cassilândia, Domingo, 15 de Setembro de 2019

Últimas Notícias

24/08/2018 15:30

Método Rolfing: o que é, para que serve e benefícios

Ativo.com

O Rolfing, apesar de pouco habitual no Brasil, é um tratamento bem conhecido em outros países, principalmente nos Estados Unidos. No meio do século passado, surgiu como uma alternativa à medicina tradicional. De acordo com os rolfistas, em alguns casos pode ser mais eficiente que procedimentos convencionais, tais como quiropraxia, fisioterapia e outros tipos de massagens.

O que é o Rolfing e qual a sua função?
O Rolfing é uma técnica manual que tem como objetivo “melhorar a fluência do movimento, considerando o ser humano como um todo”, de acordo com a rolfista Thais Ushirobira.

O profissional tem função de manipular o corpo visando mudanças significativas, como o reforço do equilíbrio e da liberdade de movimentos, por meio de “toques focados em um tecido chamado fáscia, que percorre todo o nosso corpo, conectando e diferenciando todas as partes”.

Não sabe o que é fáscia? O rolfista Luiz Simões explica: “A fáscia é uma estrutura – como se fosse uma rede ou uma roupa – que envolve nossos ossos, músculos, nervos e órgãos”.

Como surgiu?
Foi criado por Ida Rolf, uma Doutora em Bioquímica da Universidade de Columbia. A norte-americana, motivada por um acidente que sofreu na adolescência, após ficar com sequelas físicas e não encontrar soluções na medicina tradicional, definiu seu objeto de estudo.

Dedicou-se à pesquisa de trabalhos corporais com abordagem funcional e estrutural, e através de suas próprias experiências desenvolveu o tratamento de integração estrutural, conhecido como Rolfing.

Para quem é recomendado?
O Rolfing ajuda no tratamento de problemas e desconfortos habituais da vida das pessoas, como: má postura, hiperescoliose, hipercifose, hiperlordose, estresse de diversas ordens (alimentar, profissional etc), insônia e, principalmente, dores.

Segundo Luiz, o método é válido para todas as pessoas. “Inclusive para os atletas, pelo fato de auxiliar tanto na prevenção quanto no tratamento de lesões de joelho, tornozelo, quadril, coluna e ombros“.

E acrescenta Thais: “proporciona aos corredores e demais esportistas uma melhor sinergia entre as partes do corpo, coordenando e otimizando o movimento. A maioria das lesões e dores causadas pela corrida decorrem de uma coordenação ineficiente”.

Quanto tempo dura o tratamento?
Não há um número padronizado, mas existe uma média entre 10 e 15 sessões. É preciso analisar cada caso individualmente, explica a rolfista. “É muito variável. Geralmente, ao fim de cada sessão já é possível ter a sensação de bem-estar e melhoras estruturais. Porém, dependendo do caso, são necessárias mais sessões”.

O que difere o Rolfing dos tratamentos mais tradicionais?
Luiz Simões explica as principais diferenças.

Fisioterapia
“A fisioterapia trabalha a recuperação de lesões através de elementos físicos – como gelo e calor – e de refortalecimento muscular. Pela visão geral do Rolfing, conseguimos criar equilíbrio entre as estruturas corporais, alinhando e reequilibrando forças e tensões que nos sobrecarregam”.

Quiropraxia
“A quiropraxia é uma técnica que busca fazer ajustes temporários no corpo. Por outro lado, o Rolfing trabalha a pessoa como um todo, procurando acabar com as causas de dores e desconfortos, visando mudanças duradouras e permanentes”.

Massagem
“A massagem tem como objetivo o relaxamento. Já o Rolfing é um processo terapêutico que estimula a reorganizar do corpo, através de toques e manipulações mais específicas do tecido conjuntivo, proporcionando mudanças efetivas”.

(Fontes: Thais Ushirobira, rolfista estrutural e de movimento vinculada à Associação Brasileira de Rolfing; Luiz Simões, rolfista estrutural e de movimento vinculado à Associação Brasileira de Rolfing, com licenciatura em Educação Física – CREF 006704-G/SP – e técnico desportivo pela UNESP)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 15 de Setembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Sábado, 14 de Setembro de 2019
20:45
Loterias
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Sexta, 13 de Setembro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)