Cassilândia, Domingo, 18 de Novembro de 2018

Últimas Notícias

24/08/2018 15:30

Método Rolfing: o que é, para que serve e benefícios

Ativo.com

O Rolfing, apesar de pouco habitual no Brasil, é um tratamento bem conhecido em outros países, principalmente nos Estados Unidos. No meio do século passado, surgiu como uma alternativa à medicina tradicional. De acordo com os rolfistas, em alguns casos pode ser mais eficiente que procedimentos convencionais, tais como quiropraxia, fisioterapia e outros tipos de massagens.

O que é o Rolfing e qual a sua função?
O Rolfing é uma técnica manual que tem como objetivo “melhorar a fluência do movimento, considerando o ser humano como um todo”, de acordo com a rolfista Thais Ushirobira.

O profissional tem função de manipular o corpo visando mudanças significativas, como o reforço do equilíbrio e da liberdade de movimentos, por meio de “toques focados em um tecido chamado fáscia, que percorre todo o nosso corpo, conectando e diferenciando todas as partes”.

Não sabe o que é fáscia? O rolfista Luiz Simões explica: “A fáscia é uma estrutura – como se fosse uma rede ou uma roupa – que envolve nossos ossos, músculos, nervos e órgãos”.

Como surgiu?
Foi criado por Ida Rolf, uma Doutora em Bioquímica da Universidade de Columbia. A norte-americana, motivada por um acidente que sofreu na adolescência, após ficar com sequelas físicas e não encontrar soluções na medicina tradicional, definiu seu objeto de estudo.

Dedicou-se à pesquisa de trabalhos corporais com abordagem funcional e estrutural, e através de suas próprias experiências desenvolveu o tratamento de integração estrutural, conhecido como Rolfing.

Para quem é recomendado?
O Rolfing ajuda no tratamento de problemas e desconfortos habituais da vida das pessoas, como: má postura, hiperescoliose, hipercifose, hiperlordose, estresse de diversas ordens (alimentar, profissional etc), insônia e, principalmente, dores.

Segundo Luiz, o método é válido para todas as pessoas. “Inclusive para os atletas, pelo fato de auxiliar tanto na prevenção quanto no tratamento de lesões de joelho, tornozelo, quadril, coluna e ombros“.

E acrescenta Thais: “proporciona aos corredores e demais esportistas uma melhor sinergia entre as partes do corpo, coordenando e otimizando o movimento. A maioria das lesões e dores causadas pela corrida decorrem de uma coordenação ineficiente”.

Quanto tempo dura o tratamento?
Não há um número padronizado, mas existe uma média entre 10 e 15 sessões. É preciso analisar cada caso individualmente, explica a rolfista. “É muito variável. Geralmente, ao fim de cada sessão já é possível ter a sensação de bem-estar e melhoras estruturais. Porém, dependendo do caso, são necessárias mais sessões”.

O que difere o Rolfing dos tratamentos mais tradicionais?
Luiz Simões explica as principais diferenças.

Fisioterapia
“A fisioterapia trabalha a recuperação de lesões através de elementos físicos – como gelo e calor – e de refortalecimento muscular. Pela visão geral do Rolfing, conseguimos criar equilíbrio entre as estruturas corporais, alinhando e reequilibrando forças e tensões que nos sobrecarregam”.

Quiropraxia
“A quiropraxia é uma técnica que busca fazer ajustes temporários no corpo. Por outro lado, o Rolfing trabalha a pessoa como um todo, procurando acabar com as causas de dores e desconfortos, visando mudanças duradouras e permanentes”.

Massagem
“A massagem tem como objetivo o relaxamento. Já o Rolfing é um processo terapêutico que estimula a reorganizar do corpo, através de toques e manipulações mais específicas do tecido conjuntivo, proporcionando mudanças efetivas”.

(Fontes: Thais Ushirobira, rolfista estrutural e de movimento vinculada à Associação Brasileira de Rolfing; Luiz Simões, rolfista estrutural e de movimento vinculado à Associação Brasileira de Rolfing, com licenciatura em Educação Física – CREF 006704-G/SP – e técnico desportivo pela UNESP)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Sábado, 17 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
06:25
Cassilândia/Paranaiba
Sexta, 16 de Novembro de 2018
22:20
Cassilândia
Quinta, 15 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
Quarta, 14 de Novembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)