Cassilândia, Terça-feira, 20 de Novembro de 2018

Últimas Notícias

23/10/2018 15:30

Metade dos adolescentes de MS acompanhados pelo SUS comem mal

Levantamento do Sisvan (Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional) aponta que no ano passado 50% dessa faixa etária consumiram produtos industrializados regularmente

Campo Grande News

Metade dos adolescentes de Mato Grosso do Sul acompanhados pela atenção básica do SUS (Sistema Único de Saúde) tem má alimentação. Levantamento do Sisvan (Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional) aponta que no ano passado 50% dessa faixa etária consumiram produtos industrializados regularmente, como macarrão instantâneo, salgadinhos ou biscoito.

Além disso, 37% ingeriram hambúrguer ou embutidos, 33% biscoitos recheados, doces e outras guloseimas.

O coordenador-substituto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Eduardo Nilson, orienta que os jovens precisam se atentar. “Dados revelam que adolescentes com obesidade aos 19 anos têm 89% de chance de ser obeso aos 35 anos, por isso é necessário investir na promoção de uma alimentação adequada e saudável, especialmente na infância e na adolescência, tendo em vista a relação de práticas alimentares inadequadas com o aumento da obesidade na população”.

O índice por sexo é semelhante em relação ao consumo de industrializados, fast foods e alimentos doces recheados. O primeiro grupo de alimento, por exemplo, é consumido por 61% das meninas, enquanto os adolescentes representam 69%. O consumo de alimentos do segundo grupo de alimentos, os fast foods, é de 34% dos jovens do sexo masculino e 41% do feminino. Já os recheados, são preferência de 32% deles e 43% delas.

O balanço também trouxe dados por região, que mostram que 54% dos adolescentes do Centro-Oeste consumiram produtos industrializados; 37% consumiram hambúrguer e/ou embutidos e 39% biscoitos recheados, doces ou guloseimas.

Segundo o Ministério da Saúde, os maus hábitos à mesa têm refletido na saúde e no excesso de peso dos adolescentes, no Brasil. Números da Pense (Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar) mostram que 7,8% dos adolescentes das escolas entre 13 e 17 anos estão obesos, sendo maior entre os meninos (8,3%) do que nas meninas (7,3%). O Sisvan revela que 8,2% dos adolescentes (10 a 19 anos) atendidos na Atenção Básica em 2017 são obesos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 19 de Novembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Domingo, 18 de Novembro de 2018
09:05
Cassilândia
Sábado, 17 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
06:25
Cassilândia/Paranaiba
Sexta, 16 de Novembro de 2018
22:20
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)