Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/08/2013 10:59

Meta é acabar com os lixões até 2014!

Campo Grande News/ Ana Cristina Franzoloso (*)

Com a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, cerca de 3 mil lixões deverão ser fechados no próximo ano (2014), conforme dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). No Brasil, mais da metade dos municípios ainda possuem lixões, problemática em constante debate na Conferência Municipal do Meio Ambiente em Campo Grande.

Soluções imediatas tornam-se metas, estas que somente serão realizadas com diagnósticos, elaborações, implementações e execução de projetos voltados para os fins específicos.

São inúmeras vertentes para execuções de projetos, focando primeiramente os aterros sanitários, onde apenas 27% das cidades possuem (IBGE 2008). Aterros Sanitários necessitam ser implantados de forma correta, dentro das normas e vigência.

Na sequência a coleta seletiva como ferramenta primordial para a destinação dos resíduos, afinal não há como não produzir lixo (resíduos), mas há como diminuirmos essa produção, reduzindo o desperdício, reutilizando sempre que possível e separando os materiais para a coleta seletiva.

Essa destinação correta dos resíduos somente torna-se eficiente quando, levados aos aterros somente os rejeitos e reciclado os resíduos restantes. Vale salientar que na média são 70% os resíduos que podem sofrer novo processo de produção e entrar no mercado como produto novo.

O Brasil produz cerca de 190 mil toneladas de resíduos sólidos por dia, sendo apenas 1,4% reciclado formalmente. Se os resíduos fossem reciclados ou reaproveitados poderiam valer em média cerca de R$ 8 bilhões por ano em receita.

A extinção dos lixões torna-se meta por meio da Política Nacional dos Resíduos Sólidos, porém proporciona infinitas possibilidades de novos mercados, novos produtos, geração de renda, além de nova postura de atuação relacionada à educação ambiental.

(*) Ana Cristina Franzoloso é professora do curso de Administração e pós graduação do Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)