Cassilândia, Domingo, 24 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

15/04/2017 08:40

Mesmo com receita de US$ 6,5 bilhões em 2016, Uber ainda tem prejuízo

Midiamax

O Uber Technologies gerou US$ 6,5 bilhões em receitas no ano passado e suas reservas brutas duplicaram para US$ 20 bilhões, mas registrou prejuízo líquido ajustado de US$ 2,8 bilhões, excluindo a operação na China vendida no ano passado, informou a empresa de serviço de transporte urbano por meio de um aplicativo.

Como empresa privada, agora no valor de US$ 68 bilhões, a Uber não divulga seus resultados financeiros publicamente, mas confirmou os números em uma declaração por e-mail após a agência Bloomberg ter divulgado os resultados. A empresa não forneceu os números do primeiro trimestre, mas uma porta-voz disse que "parecem estar em linha com as expectativas".

Em uma declaração separada por e-mail, Rachel Holt, gerente geral regional do Uber para os Estados Unidos e Canadá, disse: “Temos a sorte de ter um negócio saudável e crescente, dando-nos espaço para fazer as mudanças que sabemos são necessárias na gestão e prestação de contas, na nossa cultura e organização, e na nossa relação com os motoristas”.

O Uber foi abalado ultimamente por uma série de contratempos, incluindo acusações detalhadas de assédio sexual de uma ex-empregada e um vídeo mostrando que o executivo-chefe, Travis Kalanick, repreendia duramente um motorista. Na semana passada, após sofrer um revés no Brasil — com a aprovação, na Câmara, de um projeto que pode inviabilizar a operação da empresa no país —, o Uber levou outros dois golpes. Nos EUA, um processo acusa a companhia de usar um “esquema fraudulento” para pagar menos aos motoristas, enquanto a Justiça da Itália determinou o bloqueio de todos os aplicativos da corporação no país, não se limitando à modalidade UberX, como em outros países.

A empresa está em processo de contratação de um diretor operacional para ajudar Kalanick a gerenciar os negócios, reparar sua imagem manchada e melhorar sua cultura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 24 de Setembro de 2017
11:00
Mundo fitness
10:00
Receita do dia
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)