Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/06/2005 08:11

Mesmo com greve, INSS promete manter pagamentos

Benedito Mendonça/ABr

O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Samir de Castro Haten, disse ontem que mesmo com a greve dos servidores da Saúde, do Trabalho e da Previdência e Assistência Social a população pode contar que o recebimento dos benefícios não sofrerá interrupção. "Serão pagos normalmente junto à rede bancária credenciada", afirmou ele, garantindo que o INSS também não deverá ter dificuldades na realização das perícias médicas. A greve completa hoje cinco dias.

Segundo Haten, tanto os médicos credenciados junto ao INSS realizarão as consultas e os exames normalmente nos seus consultórios quanto os médicos peritos do quadro do instituto têm compromisso de atenderem à população normalmente. "Nós estamos garantindo que as pessoas tenham acesso às agências e que possam ter a sua consulta realizada normalmente", assegurou. Até sexta-feira (3), observou Haten, o INSS tinha 70% da rede atendendo a população normalmente.

De acordo com o presidente do Instituto, aquelas pessoas que já estão recebendo o auxílio-doença "não sofrerão nenhum tipo de prejuízo". No entanto, ele explica que aqueles beneficiários que precisam requerem o benefício a partir de agora, devem procurar os postos do INSS depois do final da greve "para comprovar que a partir do dia em que elas estariam requerendo o benefício elas já teriam direito a ele".

Para atender à população nesse período da paralisação dos servidores, o INSS está disponibilizando o serviço de atendimento por telefone, o Previfone, pelo número 0800-78 01 91. Por meio desse serviço, a população pode ligar e saber se determinada agência está funcionando normalmente ou não. Caso não seja possível o atendimento em alguma das agências da rede, o INSS montou uma equipe para dar informações. Também está funcionando um serviço na internet, no endereço: www.previdencia.gov.br para solicitação da inscrição como contribuinte, do requerimento do auxílio-doença, do salário maternidade para autônomos e da pensão por morte do segurado que já recebe benefício do INSS.

Conforme explicou o presidente do INSS, tanto a presidência do órgão, sua Diretoria Colegiada, quanto o ministro da Previdência, Romero Jucá, abriu negociações permanentes, diretas e sem qualquer dificuldade de tratativa com os representantes do movimento dos trabalhadores da Previdência. "Mas, apesar disso, não conseguimos sensibilizar os dirigentes dos trabalhadores da Previdência para que não entrassem em greve ou adiassem o movimento, já que estávamos em um processo de negociação tranqüilo". Para Haten, o INSS estava e está aberto para continuar conversando.

Sobre os servidores da Previdência que recebem menos do que um salário mínimo, Samir Haten disse que "eles podem até receber menos que um salário mínimo, mas existe uma complementação dos seus salários para atingir esse mínimo e existe um pleito nosso de consolidação desses valores para que nós tenhamos um vencimento de acordo com a legislação". Na opinião de Haten, as coisa não podem ser resolvidas de imediato. "Temos que lembrar que nós temos as restrições orçamentárias, financeiras, e, inclusive, por força legal".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)