Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

Últimas Notícias

28/10/2018 15:00

Mesário infarta e morre em zona eleitoral

Correio do Estado/ Agência Brasil

O mesário João Carlos Félix, de 50 anos, que trabalhava na 156ª zona eleitoral, localizada no Centro Federal de Educação Tecnológica de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, teve um ataque cardíaco e morreu no local nesta manhã. Ao fazer o primeiro balanço do andamento das votações no segundo turno no estado, a diretora-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), Adriana Brandão, lamentou a morte e se solidarizou com a família dele. "Lamentavelmente aconteceu e eu gostaria de aproveitar a oportunidade para, em nome do TRE do Rio, prestar minha solidariedade à família deste mesário que estava ali em uma missão nobre e de cidadania,"

A seção em que ocorreu o óbito foi deslocada para outra sala e a votação continuou normalmente e sem nenhum processo de descontinuidade.

O Tribunal Regional Eleitoral informou que, em todo o estado, 111 urnas eletrônicas tiveram que ser substituídas em todo o estado, o equivalente a 0,003% do total de 33.901 mil urnas disponibilizadas para as 165 zonas eleitorais dos 92 municípios fluminenses. Deste total, 57 urnas foram substituídas na capital, o maior número, onde votam 4,8 milhões de eleitores, em 49 zonas eleitores, distribuídas por 1,4 mil locais de votação.

Segundo a diretora-geral, o processo de votação no estado ocorre em clima de tranquilidade e sem registro até agora de nenhuma prisão por prática de boca de urna ou de qualquer outro tipo de violação da legislação eleitoral.

Para Adriana Brandão, a normalidade já era esperada, principalmente em razão do menor número de candidatos. "São apenas dois candidatos, a eleição está bem tranquila e o eleitor não vem encontrando problemas. Não há registro de filas, de prisões e está tudo transcorrendo dentro da maior normalidade".

Em relação ao processo de votação biométrica, a diretora garantiu que, neste segundo turno, o eleitor vem absorvendo melhor o processo o que ajuda na agilização da votação. "Houve no primeiro turno uma certa confusão entre os eleitores, principalmente em relação aos 4,6 milhões de eleitores que estavam votando biometricamente a partir do banco dedados do Detran. Graças ao trabalho de informação da imprensa isso não vem ocorrendo neste segundo turno".

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 24 de Maio de 2019
10:00
Receita do Dia
07:20
Atenção motoristas e ciclistas
Quinta, 23 de Maio de 2019
22:00
Loterias
21:45
Loterias
21:42
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)