Cassilândia, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

Últimas Notícias

13/02/2015 08:17

Mesa Diretora da Câmara restringe justificativas para falta de deputados

Agência Câmara

Em sua primeira reunião da nova legislatura, a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu, nesta quarta-feira (11), que apenas as licenças médicas e as missões oficiais poderão ser usadas como justificativa para a falta de parlamentares. "Com isso, não serão mais aceitas as justificativas de lideranças partidárias", afirmou o presidente da Casa, Eduardo Cunha, que comandou o encontro.

Segundo Cunha, a intenção é ampliar o quórum das votações em Plenário. A Mesa também decidiu restringir a dispensa de presença em Plenário apenas aos líderes partidários e aos membros da Mesa. Presidentes de comissões e membros de CPI estão entre os parlamentares que perdem esse direito. Cunha calcula que a medida fará o número de dispensas cair de cerca de 120 para 20. "Nós nem sabíamos, mas havia dispensa de presença de um grande número de parlamentares por várias situações", comentou o presidente.

Análise de vetos
A Mesa aprovou ainda o conteúdo de uma resolução que muda a análise dos vetos presidenciais pelo Congresso Nacional. "Será por cédula que permita a apuração eletrônica; e por painel nos destaques de bancada, de acordo com o Regimento da Câmara dos Deputados", explicou Eduardo Cunha.

Esse conteúdo já havia sido acertado com o presidente do Senado, Renan Calheiros, no início da semana. Segundo Cunha, a intenção é dar mais rapidez ao processo. "Sobre a resolução dos vetos, aprovamos na Mesa a mesma resolução aprovada pelo Senado.”

A resolução deve ser votada pelo Plenário do Congresso Nacional no próximo dia 24.

Estrutura da Câmara
O primeiro-secretário da Câmara, deputado Beto Mansur (PRB-SP), informou que a reunião da Mesa também discutiu a construção do anexo 5 da Câmara, a fim de ampliar as dependências da Casa e melhorar as condições para a atividade parlamentar. A obra deve ser feita por meio de parceria público-privada (PPP), com o intuito de reduzir o impacto sobre o orçamento da Casa.

Mansur também propôs atualizar o sistema de telefonia da Câmara que, conforme ele, tem quase 30 anos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)