Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/08/2009 20:37

Mercadante volta a colocar cargo a disposição

Ivan Richard , Agência Brasil

Brasília - Enfraquecido depois que a Executiva Nacional do partido determinou que os senadores petistas votassem pelo arquivamento das acusações contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o líder da bancada, Aloizio Mercadante (SP), mais uma vez colocou o cargo à disposição. “Meu cargo está à disposição da bancada. Só não quero aprofundar a crise”, reafirmou.

Em entrevista à imprensa convocada para tentar explicar a crise que atinge a bancada - só hoje (19) o partido perdeu dois senadores Marina Silva (AC) e Flávio Arns (PR) -, Mercadante discordou publicamente da postura da direção nacional do partido e disse que só permanece à frente da bancada “por solidariedade aos companheiros”. Na ocasião, sete dos agora 11 membros da bancada no Senado estavam presentes.

“A decisão da Executiva Nacional do partido impôs uma disciplina partidária que tenho dúvidas profundas se foi o melhor caminho para a bancada. Seguramente, para o Senado e para bancada não tenha sido”, disse o líder petista.

“Não reivindico continuar como líder, não pleiteio. Só não sou uma pessoa de deixar minha bancada e meu partido em uma situação tão difícil. Nunca fiz isso na história do PT. Tenho 37 anos de militância, 30 anos de PT e sempre atravessei todas as tempestades junto com meu partido e minha militância. Estou aqui hoje por solidariedade à bancada para cumprir o papel e não deixar meus companheiros expostos”, argumentou.

Mercadante responsabilizou Sarney pela crise no Senado e também dentro do PT. “Teríamos que aprofundar as investigações e as reformas. Essa sempre foi a postura da bancada. A crise do Senado, a crise da bancada são de responsabilidade do presidente José Sarney. Ele deveria ter se licenciado como um gesto de grandeza”, argumentou.

Em relação à crítica de seu colega de partido, senador Delcídio Amaral (MS), que o acusou de abandonar os senadores no Conselho de Ética, Mercadante justificou que não poderia conduzir um processo contrário às suas posturas e convicções. “Mantive minha posição em todos os momentos. Disse que não encaminharia posição contrária às minhas convicções. Não acho que os senadores [do PT] votaram por decisão própria. Fizeram constrangidos”, argumentou.

O líder também afirmou que sofreu pressões para substituir os senadores petistas Delcídio e Ideli Salvatti (SC) e evitar o risco de votos contra Sarney. “Não tinha condições de substituir e colocar, inclusive, pessoas de fora da bancada. Prefiro enfrentar essa crise de frente, expondo as divergências da nossa bancada, que são profundas”, afirmou.

“Hoje a senadora Marina Silva deixou o partido e o senador Flávio Arns também anunciou seu desligamento. O preço político é muito grande, o que reforça que o melhor caminho era o da bancada. Minha vontade hoje era de sair da liderança, porque sinto que não consegui enfrentar essa crise com as nossas posições. Coloquei isso em todas as reuniões, inclusive para o presidente Lula”, disse Mercadante.



Edição: Lílian Beraldo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)