Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/09/2005 08:27

Mercadante não quer filhos de políticos na crise

Agência Senado

O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante, fez um apelo aos parlamentares no sentido de, ao tratar da crise política, não envolver indevidamente familiares de figuras públicas. E citou como exemplo cobranças dirigidas ao filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à filha do prefeito de São Paulo, José Serra, nesta quarta-feira (21), durante depoimento do banqueiro Daniel Dantas às CPIs dos Correios e do Mensalão.

- Filho não tem que explicar pai - acentuou o senador, justificando sua opinião pelas cobranças recebidas na juventude em função de seu pai ser militar.

O discurso de Mercadante foi motivado por intervenção da senadora Ideli Salvatti (PT-SC) no depoimento de Daniel Dantas. Na ocasião, Ideli comentou que a irmã do banqueiro, Verônica Dantas, manteria sociedade com Verônica Serra, filha de José Serra.

Apesar das reservas levantadas, Mercadante acredita que a senadora tinha a intenção de criticar o empresário ao apontar seu desejo de se aproximar de parentes de autoridades, e não atingir a filha do prefeito de São Paulo ou o próprio governante. De qualquer modo, reiterou a necessidade de não se envolver familiares de figuras públicas em crises.

Quanto às suspeitas levantadas sobre a sociedade empresarial entre a Telemar e um dos filhos do presidente Lula, Mercadante lembrou ter testemunhado, durante as greves comandadas pelo então sindicalista Lula no ABC Paulista, o sofrimento vivido pelos familiares do presidente da República.

Embora não tenham sido mencionadas por Ideli ou outro parlamentar presente ao depoimento de Dantas, Mercadante comentou ainda reportagens envolvendo a filha do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, com suspeitas de que a Butique Daslu, onde ela trabalha, estaria recebendo benefícios fiscais do estado de São Paulo. O favorecimento alegado ocorreria pelo fato de a Daslu atender "a fina flor da sociedade paulista".

Em aparte, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) criticou a postura de Ideli Salvatti, negou a suposta sociedade entre parentes de José Serra e de Daniel Dantas e advertiu que essa intervenção da senadora petista poderia levantar suspeitas de ilicitude. Para ele, o ato da senadora é "imperdoável".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)