Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/09/2007 06:00

Mentira leva pai a crime e júri condena réu a seis anos

TJMS

Embora tenha ficado provado no decorrer das investigações que a filha tenha mentido aos pais sobre um suposto estupro, a acusação da filha apontou um vizinho de quintal como molestador e este acabou morto pelo pai da menina.

O autor respondeu pelo fato (autos nº 021.05.004835-0) diante do Tribunal do Júri de Três Lagoas e a pena somada ficou em seis anos de reclusão e 12 dias-multa, cumpridos em regime semi-aberto. A esposa do réu que acompanhou o homicídio foi impronunciada no decorrer do processo, ficando livre de condenação.

Segundo a sentença do Juiz Renato Antonio de Liberali, consta nos autos que entre os meses de setembro e outubro de 2004, por volta das 14 horas, no sítio São Benedito, no Assentamento Pontal da Faia, em Três Lagoas, o denunciado A.E da S.. apossou-se de uma enxada e desferiu golpes na cabeça da vítima A.N.. Na seqüência solicitou à esposa uma faca e desferiu inúmeros golpes, levando o indivíduo à morte no local.

Preocupado com o que acabara de fazer, pegou uma carriola, levou o corpo para os fundos do terreno, ateou fogo e depois enterrou o mesmo, para que não fosse descoberto. Antes de completar um ano do fato, abriu a cova, juntou os ossos maiores e jogou no rio Sucuriú.

A filha, que havia provocado o mal-entendido entre réu e vítima, com medo dos pais, procurou a polícia e contou o acontecido. A polícia esteve no local e após abrir a cova encontrou pouca ossada da vítima, mas suficientes para comprovar o fato. O Júri foi realizado no dia 6 de setembro.

Autoria do Texto:Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)