Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

05/02/2016 06:50

Mensalidade escolar pesa no bolso e inflação fecha janeiro em alta

Campo Grande News

A inflação de Campo Grande fechou o primeiro mês do ano em 1,47%, influenciada principalmente pela alta das mensalidades escolares e dos produtos alimentícios. O índice ficou acima do registrado em dezembro (0,84%), mas abaixo de janeiro de 2015 (1,78%) o que significa que o indicador pode apresentar quedas.

De acordo com os dados do IPC/CG (Índice de Preços ao Consumidor de Campo Grande) divulgados pelo Nepes (Núcleo de Pesquisas Econômicas da Uniderp), o resultado de janeiro foi influenciado pelos reajustes que usaram a inflação do ano como padrão e impactaram no custo de vida da população.

A inflação dos últimos doze meses em Campo Grande soma 11,07%, bem acima do teto da meta estabelecida pelo CNM (Conselho Monetário Nacional), de 6,5% e do centro da meta, de 4,5%. Apesar da inflação de janeiro ter sido alta, o Nepes sinaliza que “a inflação de 2016 pode ser menor do que a inflação de 2015, quando chegou a 11,41%”.

Outro fator que influenciou o resultado de janeiro foi a alimentação, principalmente os produtos que sofrem influências do clima, como os hortifrútis. Janeiro é mês de muita chuva o que atrapalha a produção de hortaliças.

O grupo Vestuário foi o único que registrou deflação (-0,18%) no mês. Enquanto que Transportes (0,02%), Educação (9,91%), Despesas Pessoais (0,17%) e Saúde (0,96%) tiveram aumento nos preços.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)