Cassilândia, Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

08/11/2018 14:30

Menino de que levou arma para a escola teria sido ‘desafiado’ em jogo por colega

Midiamas

O menino de 9 anos que levou uma arma para a escola onde estuda, no dia 17 de outubro, teria sido ‘desafiado’ em um jogo entre coleguinhas de classe. A informação está em laudo psicossocial aplicado na criança. Ele teria ditos aos amigos que o pai era agente.

Segundo o delegado que cuida do caso, Mário Donizete, o menino teria esperado os pais saírem de casa, pegou as chaves da gaveta onde o pai guardava a arma, pegou o armamento e colocou o carregador – a arma estava sem o carregador. Neste momento, a criança estaria sob os cuidados de uma empregada.

Para Donizete, o relato do menino inocenta o pai. “Salvo melhor juízo, mas o juiz pode ter outro entendimento”, disse. Na próxima semana o inquérito deverá ser encerrado e enviado à Justiça.

Os pais ainda não foram ouvidos pela polícia, que já ouviu alguns professores que relataram apenas os fatos no momento em que aconteceu o incidente.

No dia 17 de outubro, o menino levou uma arma escondida na lancheira para a escola, e ele acabou ferido com um tiro na perna depois da arma disparar acidentalmente. Ele foi socorrido pelo Samu e levado para a Santa Casa para atendimento médico.

A escola emitiu uma nota afirmando, “O Colégio Adventista Jardim dos Estados informa que na tarde desta quarta-feira, 17, um aluno do ensino fundamental, sem consentimento e conhecimento dos pais e da própria escola, entrou com uma arma, dentro da sua lancheira. Esta, ainda ali, disparou, atingindo o próprio membro inferior do próprio aluno.

Imediatamente, foi chamado socorro médico para o aluno e os demais colegas foram encaminhados para outra sala, onde ficaram em segurança. A escola lamenta o ocorrido e está prestando a assistência necessária à criança, à família e à polícia na investigação.

A segurança e bem-estar emocional dos alunos é preocupação primordial neste momento. As aulas devem seguir normalmente a partir de amanhã. Os alunos que presenciaram o ocorrido e todos os que sentirem necessidade terão atendimento psicológico”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 19 de Dezembro de 2018
09:00
Santo do dia
Terça, 18 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 17 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)