Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

Últimas Notícias

29/04/2016 16:30

Menina que nasceu cega enxerga a mãe pela primeira vez após cirurgia

180 Grausq
Menina que nasceu cega enxerga a mãe pela primeira vez após cirurgia

 

Daiana Pereira presenciou um momento muito importante na vida de sua filha de 2 anos de idade, Nicolly. A menina, que nasceu cega e passou por procedimentos médicos no Brasil, enxergou a mãe pela primeira vez após uma cirurgia realizada no mês de março em Miami, nos Estados Unidos.

Seus pais notaram o problema logo nos primeiros dias de vida. "Seus olhos estavam inteiramente brancos. O oftalmologista diagnosticou um glaucoma e uma opacidade da córnea", disse a mãe em entrevista cedida à ‘BBC Brasil’.

Nicolly passou por três hospitais em Santa Catarina, onde a família morava. Em São Paulo, ela se submeteu a sete cirurgias para tentar corrigir o problema, mas sem sucesso.

A família foi orientada pelos médicos que não seria mais possível operá-la devido as cicatrizes resultantes dos procedimentos aos quais ela já tinha sido submetida. Além disso, existia o risco da menina perder os olhos caso fosse novamente para a mesa de cirurgia.

Daiana não desistiu e depois de publicar uma mensagem em um grupo no Facebook pedindo orações para a filha, ela começou a receber mensagens de pessoas que queriam ajudá-la. Uma delas morava nos Estados Unidos e passou a procurar hospitais no país que aceitassem o caso. Após quatro tentativas recusadas, uma médica de Miami aceitou tratá-la.

Campanha
A viagem para os Estados Unidos, exigiu que a família lançasse uma campanha para arrecadar os US$ 17,5 mil (R$ 61,3 mil), quantia necessária para a internação, uma vez que a médica aceitou realizar a operação sem cobrar nada.

Surdez
Em Miami, um outro médico diagnosticou que a Nicolly também era surda e em 17 de março, a menina passou por duas cirurgias para corrigir a surdez e a cegueira. Sua recuperação foi boa.

Primeira vez
Uma amiga que ajudou a família nos Estados Unidos registrou o momento em que as bandanas foram retiradas dos olhos de Nicolly. Ela ouve e vê sua mãe pela primeira vez que se emociona e não consegue conter as lágrimas.

"Todas as portas se fechavam quando o caso dela era analisado, mas a Nicolly mostra que o impossível não existe. É uma questão de acreditar e lutar por isso. Agora, um médico brasileiro será treinado para trazer a tecnologia usada no caso da minha filha para cá e, assim, ajudar outras crianças", declara Daiana.

Confira um vídeo com Nicolly vendo a mãe pela primeira vez. É emocionante!

https://www.youtube.com/watch?v=98U5rZWHiVg

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 24 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 23 de Março de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)