Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/04/2011 08:13

Menina pergunta e o Papa diz não ter a resposta

BBC Brasil

Brasília – O papa Bento XVI afirmou hoje (22), em programa de televisão transmitido na Itália, que não sabe explicar o porquê de tragédias como o terremoto e o tsunami que atingiram o Japão em 11 de março. Bento XVI fez a declaração ao responder a uma pergunta enviada por uma menina japonesa de 7 anos. Foi a primeira vez na história da Igreja Católica que um papa respondeu diretamente, pela TV, a perguntas feitas por fiéis.

\"Não temos as respostas, mas sabemos que Jesus sofreu como vocês, inocente, e que o Deus verdadeiro, que se mostra em Jesus, está junto com vocês. Isto me parece muito importante, ainda que não tenhamos respostas, que a tristeza permaneça\", disse o papa. \"Um dia vamos entender que esse sofrimento não era vazio, não foi por acaso, mas por trás dele há um projeto bom, de amor\", acrescentou.

O papa respondeu às perguntas de fiéis no programa A Sua Imagem, Perguntas sobre Jesus, que foi ao ar na Rai 1, principal canal da televisão pública italiana. As respostas de Bento XVI foram gravadas pela CTV, Centro Televisivo do Vaticano, na semana passada, na biblioteca do Palácio Apostólico.

Nas imagens, o sumo pontífice apareceu em plano bem fechado, sentado numa cadeira estofada de branco, diante de sua escrivaninha. Ele respondeu a sete questões, selecionadas entre cerca de 3 mil, enviadas por fiéis de vários países.

Uma italiana com o filho em coma há dois anos perguntou se a alma ainda está presente em seu corpo. \"Certamente a alma é presente, mas é como um violão cujas cordas estão quebradas. O instrumento do corpo é frágil e vulnerável, a alma não pode tocar, embora esteja presente\", respondeu o papa.

Ao falar a um fiel da Costa do Marfim, país que enfrenta uma crise, gerada após a eleição presidencial de novembro, Bento XVI fez um apelo pelo fim da violência. \"Convido com força todas as partes a renunciar à violência e a procurar as vias da paz.\" O papa pediu ainda a paz entre as diferentes comunidades religiosas no Iraque.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)