Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/04/2009 16:36

Meirelles afirma que crédito está se normalizando

Alana Gandra, Agência Brasil

Rio de Janeiro - A oferta de crédito no Brasil está a um passo da normalidade, afirmou hoje (17) o presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, após participar da solenidade de posse da nova diretoria da Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro. O sócio do escritório Veirano Advogados, Robson Barreto, é o novo presidente da entidade.

“O crédito no Brasil está em processo de normalização. Ainda não chegamos lá”, disse. Segundo Meirelles, o aumento substancial da garantia para depositantes nos bancos de até R$ 20 milhões, contra o limite anterior, que era de até R$ 60 mil, e a oferta de dólares sem direcionamento, destinada não apenas para exportadores, mas para qualquer financiamento, “são medidas que começam a fazer efeito”.


Ele destacou também que os bancos públicos estão adotando uma postura cada vez mais ativa em termos de concessão de crédito às empresas. Segundo o presidente do BC, é a conjugação desses elementos que deve colaborar para que o mercado de crédito atinja um patamar de normalidade.

Para ele, a ampliação da garantia de depósitos, estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), dará condições aos bancos pequenos e médios de voltarem a competir agressivamente em seus nichos de mercado específicos.

Meirelles informou que, de setembro do ano passado até fevereiro deste ano, o total de crédito ofertado no Brasil cresceu 6,8%. Os bancos públicos lideraram o processo, com incremento de 16%, enquanto os privados aumentaram a oferta de crédito em 11%. Já os pequenos bancos tiveram decréscimo de 6%.

Ele reconheceu que o spread bancário - diferença entre a taxa de captação de recursos pelos bancos e o custo cobrado nos empréstimos ao consumidor - ainda estão em um patamar bastante elevado.

“Caíram um pouco, mas ainda é insuficiente. Tem que continuar caindo. Isso é muito importante”, observou. Ele enfatizou que o BC vai continuar monitorando o mercado e, se notar que há necessidade, tomará outras medidas no sentido de normalizar o crédito no país.

Meirelles reafirmou que o Brasil vai sair mais forte da crise financeira internacional, considerada a mais grave desde 1929. O presidente do BC enfatizou que, ao contrário das crises do passado, a atual crise externa não veio acompanhada de uma crise interna de longa duração, criando desequilíbrios que desfavorecessem o país na tentativa de sair dessa situação. Na sua avaliação, “nós vamos sair da crise equilibrados e preparados para crescer”.

Fatores como o aumento da renda, dentro do processo de estabilização da economia brasileira, e o retorno gradual da produção, foram fatores apontados por Meirelles como quesitos que o levam a crer na superação do Brasil. “[O Brasil] Tem condições de, olhando à frente, vislumbrar uma saída desta crise um pouco mais rápida do que a maioria dos países. E sair mais forte.”

Ele lembrou, ainda, que há outro fator favorável, como a massa salarial crescente, que se expandiu 6% em termos reais, descontada a inflação, até fevereiro deste ano, em relação a fevereiro do ano passado. “Principalmente porque o salário real está crescendo”, afirmou.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)