Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/03/2008 14:58

Medo durante vôo que trouxe ministro a Campo Grande

Ângela Kempfer/Campo Grande News

Quando os cerca de 180 passageiros do vôo JJ 3805 da TAM se preparavam para uma escala em Cuiabá (MT), rumo a Campo Grande, uma manobra brusca provocou pânico, conta o jornalista João Pedro Marques. Ele acompanhava a comitiva do ministro Gilmar Mendes, vice-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), para o lançamento em Mato Grosso do Sul do livro “Curso de Direito Constitucional”.

Como conhece bem Cuiabá, o jornalista suspeita que a aeronave teve de arremeter (decolar) porque estava prestes a pousar na pista errada, destinada apenas à aviação executiva. “Estávamos na pista do distrito industrial, não na do aeroporto Marechal Rondon”, diz João Pedro.“Houve gritaria, medo, pânico mesmo”, relata o passageiro. Uma cena agravada pelo que o jornalista considera “displicência” da tribulação. “Um daqueles carrinhos de alimentação estava solto e saiu pelo corredor”, relata.

A troca de pista pode parecer inacreditável, mas o jornalista lança uma suspeita sobre o motivo. “Não tem como julgar que foi erro do piloto, tudo é computadorizado, pode ter sido erro no sistema da aeronave.”O fato, segundo ele, é que no momento em que finalmente houve o pouso no local certo, um caminhão do Corpo de Bombeiros esperava o avião na pista do aeroporto de Cuiabá. “Um sinal de que a coisa era feita mesmo”, comenta. Imediatamente o jornalista diz ter procurado respostas do piloto, mas não conseguiu, o que aumentou a indignação. “Ele disse que eu deveria procurar a assessoria de imprensa da TAM. Apenas comentou que o que vale é que estávamos bem e vivos.”

O embarque ocorreu em Brasília ás 16h15, mas só por volta das 16h50 a aeronave levantou vôo. “Disseram que era por excesso de peso”, diz o jornalista, o mesmo motivo que teria sido apontado depois para a manobra brusca em Cuiabá. A aeronave envolvida é um Airbus A320, o mesmo modelo envolvido no acidente em São Paulo que matou 187 passageiros da Tam em julho do ano passado.

Resposta - A orientação dada via telefone de serviços da TAM (0800) e de que, como a assessoria de comunicação não funciona em plantão aos finais de semana, uma resposta deveria ser cobrada na segunda-feira, dia 3.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)