Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/09/2014 11:00

Médicos do Into debatem câncer nos ossos

Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil

 

Cerca de 70 médicos participaram hoje (12) da terceira Jornada de Oncologia Ortopédica, promovida pelo Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into). Durante todo o dia, palestras e debates discutiram os procedimentos ambulatoriais e tratamento cirúrgico de tumores ósseos malignos e benignos.

Para o chefe do Centro de Oncologia Ortopédica do Into, Walter Meohas, o evento foi muito proveitoso para os médicos, residentes e estudantes que participaram da troca de experiência e intercâmbio científico com especialistas brasileiros e estrangeiro, como o médico convidado Winfried Winkelmann, do Centro de Tumor Ortopédico da Schön Klinik Hamburg Eilbek, na Alemanha.

“A jornada médica tem o objetivo de melhorar a qualidade técnica do médico que participa, é discutido a parte ambulatorial, que condutas tomar em determinadas situações, casos clínicos e tipos de tumor”, explica o médico.

De acordo com Meohas, a especialidade de oncologia ortopédica evoluiu muito até 1970, mas desde então não surgiram drogas novas para trazer impacto na sobrevida dos pacientes. “O que se discute agora é a forma de se ministrar essas drogas, a sobrevida continua sendo restrita, em torno de cinco anos. Nos Estados Unidos a sobrevida é maior do que aqui. A diferença é por causa do tamanho do tumor, porque a medicina preventiva lá é mais eficaz do que a nossa, então os tumores são descobertos com menor tamanho”.

No Brasil, a taxa de incidência do câncer nos ossos é de menos de 1% das patologias oncológicas primárias malignas e cerca de 10% das benignas, mas a especialidade médica também trata todos os casos de metástases que atingem o esqueleto. O Centro de Oncologia Ortopédica do Into tem uma equipe multidisciplinar para tratamento cirúrgico de pacientes do Sistema Único de Saúde com tumores malignos ou benignos nos ossos. São cinco cirurgiões que atendem a uma média de 100 pacientes por semana no ambulatório e fazem cerca de 350 cirurgias por ano.

A jornada de oncologia ocorre uma vez por ano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)