Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/12/2004 10:18

Médico alerta sobre doença do consumo

Ellis Regina / ABr

O desejo excessivo de comprar, o endividamento pelo excesso de compras e o sofrimento psicológico provocado pelo descontrole desse tipo de comportamento podem indicar uma dependência comportamental de consumo. Segundo o psiquiatra do Hospital das Clínicas de São Paulo Hermano Tavares, essas três características evidenciam o consumo sem controle, ou doença do consumo.

Fundador do núcleo que estuda a doença no Hospital das Clínicas, Tavares explica que o comprar compulsivo atinge todas as classes sociais e todas as faixas etárias. "O comportamento varia de acordo com o poder aquisitivo e as possibilidades de cada um", diz o médico.

Em entrevista à Rádio Nacional AM, o médico explicou que o consumismo é um fenômeno que cresceu nos últimos dez anos, quando houve uma reorientação do comércio para o público consumidor com as ofertas de consumo e as campanhas publicitárias votadas para população que tem, segundo o especialista, "uma certa avidez natural por experimentar coisas novas".

Para estabelecer uma relação saudável com o consumo, o médico recomenda a imposição de limites, que se contenham os impulsos diante da aparente facilidade de crediário que é divulgada pela publicidade. De acordo com ele, uma preocupação especial deve ser com as crianças. Para os adolescentes, Tavares aconselha que os pais dividam com eles as possibilidades e as preocupações do orçamento.

"Eles sabem fazer as contas e podem compreender. Tem que colocar para eles que endividar-se para consumir alguma coisa que não tem real necessidade é apenas ceder à pressão do consumo", afirmou Hermano Tavares.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)