Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/03/2004 16:38

Medicina de Dourados:deputado solicita audiência pública

Clodoaldo Silva/Assembléia Legislativa

O deputado estadual Paulo Corrêa, do PL, usou a tribuna na sessão de ontem para solicitar a realização de audiência pública no dia 24 deste mês, às 14h, para discutir soluções aos problemas dos 250 alunos do curso de medicina de Dourados da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), que enfrentam a falta de professores e hospital universitário para a residência médica.

O parlamentar explicou que os alunos do quinto ano do curso estão sem aulas e dois acadêmicos que foram transferidos para Campo Grande (onde também há curso de medicina) não foram aceitos pelo corpo discente. "Os alunos de Campo Grande não aceitam que os de Dourados venham para cá", enfatizou o parlamentar, completando que por isso a Assembléia Legislativa precisa se posicionar sobre o assunto.

Na audiência que será realizada no dia 24 devem participar representantes do MEC (Ministério da Educação), do Ministério Público Federal, do Conselho Regional de Medicina, da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil/MS), Sindicato dos Médicos, o reitor da UFMS , Manoel Peró, e os acadêmicos.

Paulo Corrêa afirmou que a ida dos alunos de Dourados para a Capital vai sobrecarregar o curso em Campo Grande. "Como se abre o curso e depois diz que não há professores e hospital? Estamos brincando de fazer curso. Isso é inadmissível", completou. Para o parlamentar a solução é contratar os professores rapidamente e fazer um convênio com o Hospital Evangélico de Dourados.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)