Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/04/2005 09:21

MEC desenvolve programa para deficientes

Lucas Parente/ABr

O Ministério da Educação está desenvolvendo na rede federal de educação tecnológica
o programa Educação, Tecnologia e Profissionalização para Pessoas com Necessidades Especiais.

Prevê a implantação de núcleos de atendimento a pessoas com necessidades especiais nas escolas de ensino técnico e agrotécnico e nas instituições vinculadas a universidades federais.

"Estamos atuando com os gestores estaduais do programa junto com as secretarias estaduais de educação e prefeituras municipais para viabilizar as soluções exigidas pela legislação", diz o vice-diretor do Centro Federal de Educação Tecnológica do Mato Grosso (Cefet-MT), Rupert Pereira.

De acordo com o coordenador do programa, Franklin Nascimento, os centros federais de educação tecnológica do Pará, Rio Grande do Norte, Minas, Santa Catarina e Mato Grosso são os cinco gestores regionais que desenvolvem ações. "Um diferencial do programa é que, além da inclusão do portador de necessidades especiais, há a aproximação da família dos alunos das ações educativas".

Um levantamento nacional dos alunos com necessidades especiais e dos intérpretes da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) está sendo feito e os dados servirão para orientar novas iniciativas do programa. De 27 a 29 deste mês, uma reunião técnica para debater detalhes do programa será realizada no Ministério da Educação com os cinco gestores regionais, técnicos envolvidos no projeto e representantes do Instituto Nacional de Surdos e Mudos e do Instituto Benjamin Constant para cegos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)