Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/08/2009 18:06

MEC descredencia universidade no Tocantins

Amanda Cieglinski , Agência Brasil

Brasília - O Ministério da Educação (MEC) publicou hoje (19) no Diário Oficial da União o descredenciando da Fundação Universidade Estadual Tocantins (Unitins). O pedido havia sido feito em julho após meses de negociação entre a instituição e o MEC. A pasta constatou uma série de irregularidades na oferta de ensino. Entre elas estava a cobrança de mensalidade dos alunos, o que é vedado às instituições públicas.

A Unitins tem cerca de 60 mil alunos e oito cursos a distância: administração, letras, ciências contábeis, tecnologia em fundamentos jurídicos, matemática, tecnologia de análise, pedagogia, serviço social e desenvolvimento de sistemas. Com o descredenciamento, os alunos serão obrigados a deixar a Unitins para concluir o curso em outra instituição.

Em abril, o Ministério Pública Federal (MPF) do Tocantins já havia determinado a transferência dos alunos de cursos a distância em função de irregularidades apontadas. Além da cobrança irregular de mensalidade, foi constatada também a oferta dos cursos a distância em polos irregulares e quantidade insuficiente de professores e tutores. Para permitir a permanência dos estudantes, o MEC elaborou um termo de saneamento com uma série de medidas que precisavam ser tomadas para melhorar a qualidade do ensino ofertado. No entanto, segundo o ministério, a instituição não assinou o termo.

A reportagem entrou em contato com a Unitins para que a instituição comentasse a decisão do ministério, mas não obteve retorno.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)