Cassilândia, Quarta-feira, 24 de Maio de 2017

Últimas Notícias

01/11/2013 19:23

Mato Grosso do Sul recebe 3 aparelhos de radioterapia do Ministério da Saúde

Bruno Chaves, Campo Grande News

Mato Grosso do Sul receberá três aparelhos de radioterapia para o tratamento de câncer de pacientes. A medida do Ministério da Saúde faz parte do processo de ampliação da oferta de serviços de radioterapia no país. No Estado, a perspectiva é de que o número de sessões de radioterapia suba de 105,5 mil para 234,5 mil/ano.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, divulgou nesta sexta-feira (1º), a compra de 80 aceleradores lineares para todo o País. Eles serão distribuídos para atender a população de 63 municípios, de 22 estados e no Distrito Federal.

Em Mato Grosso do Sul, as cidades de Campo Grande e Dourados receberão os aceleradores. Com a instalação dos aparelhos, o número de sessões de radioterapia deve subir de 105,5 mil para 234,5 mil/ano.

Na Capital, os aceleradores serão instalados no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, onde será criado um novo serviço, e no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, da UFMS. Em Dourados, o aparelho será encaminhado para o Hospital Evangélico Dr. Goldby King, para ampliação dos serviços já existentes.

O edital do Ministério da Saúde ainda prevê a instalação de uma fábrica no país, que produzirá equipamentos para abastecer o mercado nacional. “Já que estamos fazendo a maior compra de equipamentos de radioterapia que o mundo inteiro está vendo, exigimos que quem ganhasse o pregão construísse uma fábrica de aceleradores linear no Brasil”, disse Padilha.

“Queremos a transferência da tecnologia deste equipamento para pesquisadores brasileiros, para jovens brasileiros, para gerar emprego aqui neste país e informação tecnológica para nossos pesquisadores”, emendou.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do ministério, além de ampliar a assistência, o edital do Ministério da Saúde alcançou a economia de R$ 176 milhões na compra dos equipamentos. O valor final ficou em R$ 119,9 milhões.

A empresa vencedora do pregão foi a norte-americana Varian Medical Systems, que atua em radioterapia há 65 anos, sendo fabricante mundial de dispositivos médicos, e de software de tratamento de câncer.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 23 de Maio de 2017
Segunda, 22 de Maio de 2017
21:25
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)