Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

22/09/2004 09:20

Marina Silva defende metodologia de concessões

Débora Barbosa/ABr

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, defendeu ontem (21) o trabalho de concessão de licenças ambientais feitas pelo governo federal. No caso das hidrelétricas, por exemplo, a partir deste ano a viabilidade ambiental dos empreendimentos passou a ser analisada antes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) fazer a concessão da hidrelétrica para o empresário.

“A média do Ibama era de 150 licenciamentos ambientais por ano. Em 2004, nós já estamos, até o presente momento, com 175 licenças ambientais concedidas e chegaremos até o final do ano, provavelmente, com cerca de 200 licenças, e isso bate o recorde de toda a história do Ibama”, afirmou a ministra durante o licenciamento da hidrelétrica Foz de Chapecó, localizada no rio Uruguai, na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marcos Barros, disse que o licenciamento não depende somente do instituto, mas que é preciso ouvir outras áreas. Segundo ele, licenciar é um "ato processual extremamente complexo". “A complexidade passa por uma transversalidade dentro do Ibama, dentro das diversas diretorias do Ibama. Eu não posso licenciar rio, sem ouvir fauna e recurso pesqueiro. E eu não posso licenciar determinada área sem ouvir, por exemplo, a proteção ambiental e assim por diante”, explicou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)