Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/06/2014 16:22

Marido de delegada, policial morto era de confiança de superintendente da PF

Campo Grande News

O delegado Eduardo Jaworski Lima, 39 anos, que foi encontrado morto com um tiro ontem (26) à noite na Superintendência da Polícia Federa de Mato Grosso do Sul, estava há 15 anos na corporação. Ele era um dos homens de confiança do superintendente, Edgar Paulo Marcon, e comandava a Delegacia de Investigações e Combate ao Crime Organizado.

Veja Mais
› Morte de delegado expõe problemas e depressão na PF, denuncia sindicato
› Delegado chefe do combate ao crime da PF é encontrado morto com um tiro

A morte de Jaworski, que realizava tratamento psiquiátrico, pode ser suicídio e chocou familiares e amigos. “Era um homem da minha estrita confiança”, comentou Marcon. Ele já tinha trabalhado com o superintendente em São Paulo. “Era meu braço direito”, lamentou o superintendente.

Há 15 anos na Polícia Federal, Jaworski era casado com uma delegada da Polícia Federal, que reside em Campo Grande e integrava a Corregedoria da PF em Mato Grosso do Sul. O casal tem uma filha de dois anos.

Como a família reside em São Paulo, o corpo será transladado para a capital paulista em uma aeronave da corporação. Marcon e a esposa seguirão no mesmo voo para acompanhar o velório e o sepultamento em São Paulo.

Jarworski realizava tratamento e chegou a ficar afastado do trabalho em decorrência da licença médica. Conforme Marcon, problemas psiquiátricos são a terceira maior causa de afastamento do serviço. A principal causa de afastamento é ortopedia.

O delegado foi nomeado para comandar a Delegacia de Investigações e Combate ao Crime Organizado em março de 2013. Ele foi encontrado morto com um tiro no peito às 21h de ontem. A morte foi atestada por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Peritos da Polícia Civil também foram ao prédio e fizeram a coleta de materiais no local.

Logo após a morte, a Superintendência da Polícia Federal divulgou nota confirmando o suicídio e lamentando o ocorrido.

Conforme a Prefeitura de Campo Grande, o corpo do delegado sepultado na cidade de Osasco (SP), após às 16h de hoje (27).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)