Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/10/2005 16:18

Mariano reeleito com 2 mil votos à frente de Saulo

Fabiana Silvestre e João Prestes / Campo Grande News
Daniel PereiraDaniel Pereira

Com o apoio do governador Zeca do PT e das correntes de esquerda do partido, o presidente regional da sigla, Mariano Cabreira, foi reeleito para mais um mandato. Ele conduzirá as articulações políticas com vistas ao projeto político do partido de continuar à frente do Governo do Estado em 2006.

Cabreira obteve 8.235 votos entre os 15.058 petistas que compareceram ontem aos locais de votação do PED (Processo de Eleições Diretas) em Mato Grosso do Sul. O adversário, Saulo Monteiro, que contava com o apoio do senador e pré-candidato do partido ao Governo, Delcídio Amaral, teve 5.826 votos, conforme apurou a comissão organizadora do pleito. No primeiro turno, Cabreira somou 5.463 votos, ou 40,5% do total. Já o segundo colocado, o ex-secretário de Estado, Saulo Monteiro, teve 4.106 votos (30.4%).

Missão – o presidente reeleito do PT disse há pouco, em coletiva à imprensa, que a principal missão agora é “pacificar o partido”, conversando com as lideranças e buscando o “entendimento”. Ele atribui os votos que o elegeram ao acordo firmado com a ala esquerda do PT.

A mesma tática, contudo, não garantiu a vitória à candidata Elza Jorge, em Campo Grande. Também com o apoio da esquerda petista e do senador Amaral, ela obteve apenas 1.731 votos na Capital. Já a estreante vereadora Thaís Helena, que contou com o apoio da bancada do partido na Câmara, foi eleita com 2.216 votos. No primeiro turno, Elza obteve 1.297 votos (40.8%) e Thaís Helena alcançou 1.171 votos (36.8%).

Delcídio candidato – Mariano Cabreira voltou a dizer que o senador Delcídio Amaral só não será candidato ao Governo do Estado se não quiser. Questionado sobre o virtual apoio à candidatura do vice-governador Egon Krakhecke, Cabreira foi cauteloso. “Temos que ver se ele [Egon] quer sair candidato”, disse, lembrando que há “dezenas” de pessoas entre os 35 mil filiados ao partido no Estado “aptas” a ser o candidato petista à sucessão de Zeca. Às vésperas da ala esquerda oficializar apoio à Cabreira, comentários de bastidores davam conta de que o apoio do grupo ao atual presidente teria como condição o apoio de Cabreira à Krakhecke em uma possível prévias disputa interna com o senador Amaral.

Mesmo com o clima acirrado, Cabreira não acredita em rachas no PT. “Vou conversar com todos. Pode haver dores, mas não há derrotados”, disse, referindo-se ao resultado do PED.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)