Cassilândia, Quinta-feira, 20 de Julho de 2017

Últimas Notícias

19/03/2007 21:24

Marcha de 10 mil professores vai pressionar o Congresso

rmtonline

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) prepara para o dia 25 de abril uma marcha com 10 mil professores de todo o País, em Brasília. O objetivo é pressionar o Congresso Nacional a alterar o projeto de lei que o governo federal encaminha até o fim deste mês e que estabelece com piso nacional para professores do ensino fundamental e médio R$ 800 por 40 horas trabalhadas.

“Nossa proposta é de um piso nacional de R$ 1.400 por 40 horas ou de R$ 1.050 por R$ 30 horas. Estamos nos mobilizando para fazer o Congresso alterar a proposta do governo. Somos amplamente favoráveis ao estabelecimento de um piso nacional, mas não concordamos com esse valor”, disse o presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Jaime Teixeira.

Segundo Teixeira, em Mato Grosso do Sul, o piso pago pelo governo do Estado é de R$ 602, mas em alguns municípios do interior do Estado e da região Nordeste do País o piso é inferior a um salário mínimo, hoje R$ 350. “Em algumas cidades para que o professor receba um salário mínimo no fim do mês, o município acrescenta ao salário dele um monte de gratificações. Mas gratificação não é salário. Sabemos que o estabelecimento de um piso é nacional é um avanço, mas queremos avançar mais”, comentou o dirigente.

Para a mobilização do dia 25, o presidente da Fetems, antecipa que pelo menos 250 professores do Estado participarão. “Vamos lotar seis ônibus e ir para Brasília para mostrar a força da categoria”, conclui ele.


Fonte: Redação TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 20 de Julho de 2017
10:07
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Quarta, 19 de Julho de 2017
20:32
Loteria
17:30
Restituição do Imposto de Renda
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)