Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/03/2007 21:24

Marcha de 10 mil professores vai pressionar o Congresso

rmtonline

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) prepara para o dia 25 de abril uma marcha com 10 mil professores de todo o País, em Brasília. O objetivo é pressionar o Congresso Nacional a alterar o projeto de lei que o governo federal encaminha até o fim deste mês e que estabelece com piso nacional para professores do ensino fundamental e médio R$ 800 por 40 horas trabalhadas.

“Nossa proposta é de um piso nacional de R$ 1.400 por 40 horas ou de R$ 1.050 por R$ 30 horas. Estamos nos mobilizando para fazer o Congresso alterar a proposta do governo. Somos amplamente favoráveis ao estabelecimento de um piso nacional, mas não concordamos com esse valor”, disse o presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Jaime Teixeira.

Segundo Teixeira, em Mato Grosso do Sul, o piso pago pelo governo do Estado é de R$ 602, mas em alguns municípios do interior do Estado e da região Nordeste do País o piso é inferior a um salário mínimo, hoje R$ 350. “Em algumas cidades para que o professor receba um salário mínimo no fim do mês, o município acrescenta ao salário dele um monte de gratificações. Mas gratificação não é salário. Sabemos que o estabelecimento de um piso é nacional é um avanço, mas queremos avançar mais”, comentou o dirigente.

Para a mobilização do dia 25, o presidente da Fetems, antecipa que pelo menos 250 professores do Estado participarão. “Vamos lotar seis ônibus e ir para Brasília para mostrar a força da categoria”, conclui ele.


Fonte: Redação TV Morena

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)