Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

21/04/2012 13:32

Marcha contra corrupção aconteceu em Campo Grande

Midiamax

A marcha contra a corrupção marcada para este sábado (21) com concentração na Praça do Rádio Clube saiu por volta das 11h para protestar pelo Centro de Campo Grande. Famílias inteiras e entidades participam do evento.

Cerca de 300 pessoas com camisetas e cartazes pedem o fim da corrupção, além de vários representantes de entidades como a OAB, Fetems, SindJus, Sindicato dos Bancários, arquidiocese e Zeitgeist.

O presidente da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil), Leonardo Duarte, declarou que a entidade sempre vai apoiar este tipo de manifestação popular.

O corretor de seguros Artur Canteiro, de 62 anos, disse que as pessoas precisam acordar. “Pagamos impostos altos e não temos saúde, educação e nem segurança. Nosso dinheiro está indo para o ralo. O que vamos deixar para os nossos netos?”, questionou.

Estudante, Nara Correa Vargas, de 16 anos, acredita que é preciso ter mais passeatas para que as pessoas tenham noção do que está acontecendo. “Fiquei sabendo da iniciativa pelo meu professor de Filosofia na escola, achei ótima a idéia e vim ver o que acontece nessas manifestações”.

“Apesar da chuva, a indignação continua”, disse Jully Rider, da Comissão da OAB.

Famílias inteiras participaram também da caminhada, como a da administradora Fernanda Franco de Castro, de 33 anos. “Trouxe meus filhos para que eles aprendam o correto e não só fiquem vendo as coisas pela televisão”.

Candidata à vice-governadora em 2008, a advogada Tatiana Ujacow (PDT) sugeriu a criação de mais mecanismos que visem combater a corrupção. Nesse contexto, ela destacou a implantação da Lei da Ficha Limpa. A lei torna inelegível por oito anos o candidato que tiver mandato cassado, renunciar para evitar a cassação ou for condenado por decisão de órgão colegiado.

Para Tatiana Ujacow, a mobilização deste sábado é um exemplo “de que está se formando uma nova visão na política”. “E isso tem que vir desde cedo, na educação, para que se mostre onde nasce a corrupção e seus reflexos na sociedade. Só assim poderemos combater a corrupção, no exercício da cidadania, no direito de falar, de expressar sua opinião”, enfatizou.

A marcha passou pela Afonso Pena, 14 de Julho e pela Padre João Crippa. O organizador do evento, Caue Escobar, garante que até o meio do ano as organizações vão fazer visitas surpresas na Câmara Municipal e Assembleia Legislativa. “Precisamos cobrar trabalho de verdade dos políticos”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)