Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/08/2006 17:21

Mapa mantém interdição em Japorã, Eldorado e Mundo Novo

Humberto Marques/Campo Grande News

Os municípios de Eldorado, Japorã e Mundo Novo continuarão interditados até que sejam concluídos estudos para comprovar a ausência de circulação viral da febre aftosa na região. A decisão partiu do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), após serem apresentados os resultados da investigação sorológica realizada em propriedades rurais dos três municípios – na qual foram identificados animais reagentes ao vírus da aftosa.

Dentre as ações, foi definida a intensificação dos trabalhos de vigilância sanitária na região e a condução de novos estudos para identificar se ainda há circulação viral nos municípios. A decisão partiu das conclusões apresentadas na Nota Técnica 27/2006, nas quais apresentam-se os resultados dos exames – que foram apresentados ontem pelo secretário de Produção e Turismo e diretor-presidente da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal).

A avaliação sorológica envolveu 382 propriedades rurais dos três municípios, com bovinos entre seis e 24 meses de idade, sendo efetuada em duas fases e resultando na coleta de 9.947 amostras de soro sanguíneo de bovinos. Conforme o DSA, foram observadas 68 propriedades rurais com pelo menos um bovino reagente na primeira fase. A nova coleta indicou que 55 propriedades tinham ainda um animal reagente, totalizando 214 bovinos.

Dos 214 animais reagentes à febre aftosa, 88% já havia passado por duas vacinações contra a doença. Após analisar os dados, a Iagro afirmou que pelo menos 62% das propriedades na região desobedeceram a normativa para que não fosse efetuada vacinação nos animais – o que causaria problemas na identificação sorológica do vírus da aftosa.

“Diante do exposto, e considerando os resultados finais encontrados, não há possibilidade de avançar neste momento no processo de suspensão das restrições impostas nos três municípios envolvidos, devendo a interdição ser mantida, além de intensificadas as ações de vigilância na região. Novo estudo para comprovar a ausência de circulação viral na região deverá ser conduzido”, destacou a nota, assinada por Jamil Gomes de Souza, diretor do Departamento de Sanidade Animal do Mapa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)