Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/10/2005 14:04

MAPA libera produtos sul-mato-grossense

Famasul

O MAPA (Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), divulgou hoje a circular 041 do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA), que libera o trânsito de produtos do Estado de Mato Grosso do Sul e Paraná para todo Brasil.

O presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Léo Brito, de Brasília, considerou que a conquista deve-se a uma ação conjunta da Federação, do Governo Estadual, do Governo Federal, da Iagro e de todas as entidades e autoridades que estão empenhados em resolver a situação na região afetada pelo vírus da febre aftosa.

O produtos liberados pelo MAPA foram a carne desossada (maturação sanitária de 24 horas, na temperatura de 2 °C e ph final não ultrapassando 6,0), carnes de suínos (desossada e embalada), carnes industrializados e embaladas, miúdos embalados, miúdos destinados à produtos técnicos (farmacêuticos, entre outros), miúdos para ração, peles de couro, aparas, couros e raspas. Também entra na lista a farinha de carne, de ossos e de sangue.

O setor leiteiro também foi beneficiado pela medida, pois o MAPA autorizou a circulação do leite cru quando destinado a processamento em indústrias sob controle de inspeção sanitária oficial e o leite pasteurizado, esterilizado e produtos lácteos.

O Governo Federal liberou para Mato Grosso do Sul a quantia de R$ 18 milhões para o abate de animais com febre aftosa e também para indenizar as fazendas afetadas pela doença no cone sul do Estado. E para a agricultura familiar, que também foi atingida nos cinco municípios pela doença, o presidente liberou mais R$ 6 milhões. “Queremos que esse dinheiro chegue às mãos dos produtores afetados o mais rápido possível”, questiona Brito.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)