Cassilândia, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

13/07/2015 16:00

Mantida demissão de policiais rodoviários denunciados em programa de TV

Superior Tribunal de Justiça

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou mandado de segurança em favor de dois ex-policiais rodoviários federais demitidos do serviço público após processo administrativo disciplinar instaurado para apurar denúncias veiculadas em 1999 pelo programa Fantástico, da TV Globo. O programa relatava casos de corrupção relacionados ao tráfico de madeira da Mata Atlântica oriunda de espécies em processo de extinção.

Os ex-policiais contestavam decisão do ministro da Justiça que indeferiu seus pedidos de revisão do processo administrativo disciplinar. Queriam que o procedimento fosse reaberto com base em fatos novos.

Eles alegaram que a demissão foi respaldada na Lei 8.112/90, embora os integrantes da Polícia Rodoviária Federal sejam regidos pela Lei 4.878/65 e pelo Decreto 59.310/66, que exige a instrução do processo disciplinar por uma comissão permanente.

Inaplicáveis

Citando precedentes, o relator do mandado de segurança no STJ, ministro Og Fernandes, ressaltou que a alegação de que a comissão processante não tinha caráter permanente é irrelevante, pois isso não gera nulidade em processos disciplinares contra policiais rodoviários federais.

Segundo o ministro, a Lei 4.878 – norma especial que exige a condução do procedimento por comissão permanente de disciplina – aplica-se aos policiais civis investidos em cargos do serviço de Polícia Federal, mas não alcança o serviço da Polícia Rodoviária Federal.

Além disso, ressaltou, as provas presentes nos autos dão suporte aos fundamentos adotados pelo Ministério da Justiça para enquadrar a conduta dos policiais nas infrações disciplinares que resultaram nas demissões.

“Seja pela inexistência de fato novo, seja pela inaplicabilidade dos fundamentos jurídicos utilizados pelos recorrentes, é de se manter a penalidade aplicada”, concluiu o relator. A decisão foi por maioria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 16 de Agosto de 2017
10:00
Receita do dia
09:19
Cassilândia
Terça, 15 de Agosto de 2017
17:30
Estudos
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)