Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2006 07:55

Mantega nega que governo estude novo Refis

Edla Lula/ABr

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, negou, ontem a tarde, que estejam sendo estudadas novas medidas para salvar empresários endividados com o governo. "O governo não está fazendo nenhuma medida provisória neste sentido. Não existe nenhum estudo sobre o assunto", afirmou Mantega à Agência Brasil.

Ele disse que recomendou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva o veto aos artigos 5º e 6º da Lei 11.311, que tratavam da dívida. "Não consideramos adequado editar um novo Refis [Programa de Recuperação Fiscal] nas condições que estavam no projeto de lei. Em função disso, orientamos o Planalto ao veto, que foi acatado", justificou. A lei foi sancionada hoje pelo presidente.

Em duas ocasiões, o governo lançou medidas para parcelar os débitos de empresários em tributos federais. A primeira foi em abril de 2000, com o Refis. Em 2003, o governo deu uma nova chance aos empresários que não conseguiram honrar seus compromissos com o Refis, ao criar o Parcelamento Especial (Paes), que foi apelidado de Refis 2, razão pela qual um possível novo parcelamento vinha sendo chamado de Refis 3.

Durante o processo de votação da Medida Provisória 280, os parlamentares incluíram os artigos que traziam o Refis 3, vetados hoje.

Entretanto, Mantega não descartou a possibilidade de tratar do assunto com parlamentares e empresários interessados. "Naturalmente, se o Parlamento, entidades de classe ou associações quiserem dialogar a esse respeito, estamos abertos".

Anteontem (13), em entrevista à imprensa, o ministro de Relações Institucionais, Tarso Genro, disse que o governo está estudando a edição de nova medida provisória (MP) que trate do parcelamento de débitos tributários.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)