Cassilândia, Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

19/09/2003 14:09

Mantega diz que corte será definido até dia 23

Daniel Lima/Agência Brasil

O corte no Orçamento da União para fechar as contas do governo, se houver, será provisório e deverá ser definido entre hoje e o próximo dia 23, prazo final para a equipe econômica enviar o relatório de despesas e receitas ao Congresso Nacional. Segundo o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Guido Mantega, o ajuste "atingirá todos os ministérios, mas ficará abaixo de R$ 1 bilhão".

Mantega já havia anunciado, antes de participar de encontro com empresários britânicos, na Embaixada do Reino Unido, que os cortes poderiam sair hoje. Mas ao deixar o local ele informou que o contigenciamento, se houver, poderá sair até a próxima terça-feira. Na semana passada, depois de um encontro com o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, Mantega afirmou que poderia ter de cortar o Orçamento da União para compensar uma queda na projeção de arrecadação do governo em agosto, de R$ 600 milhões.

O corte será provisório porque, segundo o ministro, já há uma recuperação de receitas a partir de setembro em função do aquecimento da economia, o que permitirá "dissolver qualquer contigenciamento". O mesmo deverá acontecer em relação às receitas do ano que vem, com o Produto Interno Bruto (PIB) projetado em 3,5%. "Agora começa um novo processo de análise, porque nós fizemos essas projeções há alguns meses. Mas até a aprovação do projeto de Lei Orçamentária teremos novas perspectivas. Quanto mais para a frente, será melhor para se conhecer o que pode acontecer em 2004", afirmou.

Aos empresários britânicos que participaram da British Business Conference na embaixada, o ministro mostrou que o Brasil passa por uma grande transformação e está em processo acelerado de estabilização, depois da crise de confiança do ano passado. Mantega explicou que as reformas em andamento dão consistência e equilíbrio ao país, que se prepara para o "espetáculo do crescimento" e para isso são necessários investimentos em várias áreas, inclusive com a participação de capital estrangeiro.

A taxa de "risco Brasil", que mede a capacidade de financiamento do país, segundo o ministro, não deve ser um fator de preocupação dos investidores à medida que o Brasil reduz a vulnerabilidade. "Nós hoje somos um grande exportador, já começamos a criar um superávit comercial expressivo e precisamos de menos capital externo para fechar as contas", disse, frisando que isso não significa que o país não precisa de mais investimentos.

Mantega também comentou o fato de o risco país estar próximo aos 650 pontos: "A intenção do governo é uma redução ainda maior. Podemos chegar a 400 pontos. Isso significa uma taxa de juros de 3,5% a 4% para o investidor, o ideal para os próximos anos".

Sobre o comércio exterior brasileiro, o ministro do Planejamento fez questão de demonstrar que o Brasil caminha no sentido de registrar um saldo da balança comercial de aproximadamente US$ 20 bilhões neste ano. Lembrou que o resultado em transações correntes, que é o termômetro da dependência externa do país, tem sido positivo nos últimos 12 meses (US$ 2,5 bilhões). E comentou: "Isso mostra que o Brasil se consolidou, que pode pagar as dívidas e é solvente. Bem ao contrário do que se pensava antes. Este é um país seguro".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 01 de Outubro de 2020
Quarta, 30 de Setembro de 2020
17:50
Ituiutaba, Minas Gerais: confira o boletim coronavírus desta quarta-feira
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)