Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/02/2010 09:03

Manoel Afonso - Tecnologia x corrupção: quem vence?


A questão: como combinar a corrupção e receber a propina, sem risco de ser flagrado por câmera ou microfone?
De um lado, os aparelhos cada vez mais sofisticados – fruto dos avanços das pesquisas tecnológicas na área de imagem e som. Na outra ponta, os incorrigíveis homens da vida pública – cada vez mais ousados na “arte” de levar vantagem pessoal através da corrupção.

Nos últimos anos, a opinião pública tem se acostumado a deparar com cenas na TV, até então admitida apenas em obras de ficção. Políticos e agentes de administração pública, em todos os níveis, flagrados dando ou recebendo dinheiro - por ação ou omissão conivente - que acaba lesando município, Estado e União.

Os casos conhecidos e mostrados em vídeos já somam dezenas, mas vale recordar: dos deputados de Rondônia (exigindo propina para votar com o Governador Ivo Cassol), o caso do Valdomiro Diniz (que detonou a CPI dos Correios e desbancou o esquema do Mensalão) e, agora, esse escabroso episódio do Governador Arruda (que escancarou o Mensalão no DF).

A praga da corrupção está acima dos dogmas religiosos e das ideologias partidárias: Maomé e Karl Marx – por exemplo - ficariam corados com as façanhas de seus “seguidores”. Aqui, na doce terra de Cabral, o jeitinho da corrupção acostumado ao clima propício, terá que ser repensado, sob pena de não sair das manchetes dos jornais.
Os anúncios da parafernália eletrônica a preços cada vez mais baratos, acabam despertando a imaginação de muita gente. Câmeras minúsculas, disfarçadas em canetas e isqueiros, por exemplo, são capazes de captar imagens de boa qualidade que podem ser usadas como denúncias ou simples extorsão. Depende...

As cenas de corrupção mostradas na televisão têm duplo papel: além de denunciar o crime, acabam ensinando o chamado “pulo do gato”. É mais ou menos o que ocorre no noticiário envolvendo seqüestro de pessoas, onde não falta candidato a aprendiz.

Mas voltando ao mote do texto: corruptor e corrupto terão que redobrar o cuidado não só na hora de se combinar a propina, bem como na hora da entrega da mesma. Ficar longe das câmeras indiscretas será uma missão cada vez mais difícil. E conseguirá o brasileiro arrumar outro jeitinho? É esperar...

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)