Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

27/07/2009 07:33

Manoel Afonso: Partidos & Picaretas

Manoel Afonso*

Quem não se lembra? Em 1993, no Governo de Itamar, Lula disse que no Congresso havia 300 picaretas. Foi um “auê, inspirando até a música do “Paralamas do Sucesso”. Lula pecou na quantidade e ao confinar no congresso o reduto dos meliantes. Deveria ter generalizado, alcançando assembléias, câmaras e partidos (inclusive o seu).
Claro! Tudo começa com a ficha de filiação ao partido, levada geralmente ao convidado pelo dirigente – sedento de gente nova para engordar sua agremiação. Quase sempre, não é considerada essencial a idoneidade moral e muito menos é feita uma investigação pessoal. Filiações de afogadilho, sem critérios, acabam revelando monstros ao longo dos anos.
O dirigente partidário não obedece ao que diz o estatuto de sua agremiação: às vezes nem se deu ao trabalho de uma leitura e interpretação responsável. O novo filiado assina a ficha em branco, que é preenchida depois e abonada em seguida. O que vale é a quantidade de filiados para o partido se viabilizar na cidade.
Lembrando: na semana passada foi preso mais uma vez pela Polícia Federal - Nilton Cesar, o ex-candidato à prefeito de Campo Grande. Aliás, ele foi candidato em vários localidades, chegando a exercer o mandato de deputado no Paraná. Aí eu pergunto: como é que esse cidadão conseguiu espaço nos partidos políticos e viabilizou sua candidatura? Ora! Graças à fragilidade partidária e a legislação eleitoral inconsistente.
Portanto, os dirigentes são coniventes com a pratica de se usar partido e mandato como muralha de proteção através do foro privilegiado. Com um mandato na mão é quase impossível cercar esse tipo de bandido. Pasmem! Um em cada cinco dos novos deputados federais, eleitos em 2006, está sendo processado. Quase 20% do contingente que assumiu o poder. Isso sem contar as 440 ações diversas (seqüestro, estelionato, homicídio, peculato, etc.) que tramitam no STF contra 143 parlamentares.
Temos memória curta, mas nem tanto: o deputado federal Jabes Rabelo (Rondônia) chefiava uma quadrilha especializada em cocaína e seu irmão foi preso com um caminhão carregado com a droga. O deputado Paschoal “Motoserra” matou várias pessoas e sua cassação foi demorada. Jader Barbalho aprontou e está aí de volta. O mesmo ocorre com o deputado petista João Paulo, que se reelegeu após ter renunciado para escapar da cassação. E existem outros tantos que citá-los tornaria o tópico enfadonho.
Mas no arremate do texto, ficam reiteradas as críticas e alertas aos dirigentes que sonham em fortalecer seus partidos. Prezem mais a qualidade do que a quantidade. Sejam criteriosos no convite de filiação. Não se deixem enganar pelas aparências. Vasculhem o passado do convidado, sob pena de dar guarida e “status” para um picareta ou, quem sabe, um bandido de marca maior. O Brasil não merece tanta sacanagem.

Manoel Afonso , comentarista da TV Record






* O Cassilândianews não se responsabiliza por artigos e opiniões com autoria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)