Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/11/2004 13:25

Mandioca será tema de seminário em Cuiabá

FmasulNotícias

Principal alimento energético de uma em cada 12 pessoas no planeta, podendo ser colhida em todas as épocas do ano, a mandioca será tema de um seminário a ser realizado durante todo o dia 26 de novembro, no Centro de Eventos do Pantanal. A proposta é apresentar as tendências do mercado para os derivados da sua cadeia produtiva no Brasil (responsável pela geração de um milhão de empregos e R$ 2,3 bilhões em movimentação financeira), fomentar a agregação de valores e uso de novas tecnologias e estimular o seu cultivo na agricultura familiar.

Voltado para pequenos produtores, empresários e técnicos ligados à cadeia produtiva da mandioca, o seminário será promovido pelo Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) do Estado de Mato Grosso, em parceria com a Famato, Empaer e Senar, com o apoio das secretarias estaduais de Desenvolvimento Rural, Indústria, Comércio Minas e Energia e Indea/MT.

Entre os nomes de palestrantes confirmados estão o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Amido de Mandioca, José Eduardo Pasquini; Raimundo Nonato Brabo Alves, pesquisador da Embrapa Floresta; Carlos Estevão da Embrapa Mandioca; e João Pacheco, da Cooperativa Agrícola de Ubirajara (SP). Está programado também um painel sobre estratégias de comercialização de derivados da mandioca.

A raiz da mandioca não apenas serve de insumo para a produção de farinha - presente na mesa do brasileiro do Oiapoque ao Chuí. É utilizada tanto na fabricação de embutidos, chocolates e papel quanto na perfuração de poços artesianos e na prospecção de petróleo.

Embora seja o segundo maior produtor mundial, com 24 milhões de toneladas de raiz - a Nigéria lidera o ranking mundial com 32,5 milhões de toneladas - o Brasil já teve uma produção maior em décadas passadas. No anos de 1970, por exemplo, a produção nacional chegou a quase 30 milhões de toneladas.


Autor:
24Horas News

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)