Cassilândia, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Últimas Notícias

23/11/2004 13:25

Mandioca será tema de seminário em Cuiabá

FmasulNotícias

Principal alimento energético de uma em cada 12 pessoas no planeta, podendo ser colhida em todas as épocas do ano, a mandioca será tema de um seminário a ser realizado durante todo o dia 26 de novembro, no Centro de Eventos do Pantanal. A proposta é apresentar as tendências do mercado para os derivados da sua cadeia produtiva no Brasil (responsável pela geração de um milhão de empregos e R$ 2,3 bilhões em movimentação financeira), fomentar a agregação de valores e uso de novas tecnologias e estimular o seu cultivo na agricultura familiar.

Voltado para pequenos produtores, empresários e técnicos ligados à cadeia produtiva da mandioca, o seminário será promovido pelo Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) do Estado de Mato Grosso, em parceria com a Famato, Empaer e Senar, com o apoio das secretarias estaduais de Desenvolvimento Rural, Indústria, Comércio Minas e Energia e Indea/MT.

Entre os nomes de palestrantes confirmados estão o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Amido de Mandioca, José Eduardo Pasquini; Raimundo Nonato Brabo Alves, pesquisador da Embrapa Floresta; Carlos Estevão da Embrapa Mandioca; e João Pacheco, da Cooperativa Agrícola de Ubirajara (SP). Está programado também um painel sobre estratégias de comercialização de derivados da mandioca.

A raiz da mandioca não apenas serve de insumo para a produção de farinha - presente na mesa do brasileiro do Oiapoque ao Chuí. É utilizada tanto na fabricação de embutidos, chocolates e papel quanto na perfuração de poços artesianos e na prospecção de petróleo.

Embora seja o segundo maior produtor mundial, com 24 milhões de toneladas de raiz - a Nigéria lidera o ranking mundial com 32,5 milhões de toneladas - o Brasil já teve uma produção maior em décadas passadas. No anos de 1970, por exemplo, a produção nacional chegou a quase 30 milhões de toneladas.


Autor:
24Horas News

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)