Cassilândia, Domingo, 30 de Abril de 2017

Últimas Notícias

10/05/2007 13:02

Mais um colabora com polícia e é solto em Cassilândia

Maristela Brunetto - Campo Grande News

O servidor municipal Orange Rezende e Silva colaborou com as investigações da Polícia Civil de Cassilândia e foi solto. É a terceira pessoa liberada desde que foi desencadeada a Operação Judas, para apurar fraudes com dinheiro público.
Em abril, tinham sido liberados Luceni Quintina Correia e o esposo Eugênio Luiz Azambuja.

Os dois tinham sido presos em uma primeira etapa da ação, que resultou em cinco prisões, quatro eram servidores. Depois ocorreram mais duas, incluindo a de Silva.

Na sexta-feira, a Polícia Civil concluiu o primeiro inquérito, com o indiciamento de 15 pessoas e identificação de 12 crimes.

Os indiciados são o prefeito da cidade, José Donizete Ferreira de Freitas, servidores e fornecedores. São eles: o vice, Sebastião Pereira da Silva, Waldimiro José Cotrim Moreira, Ana Regina Arantes, Ivete Vargas da Rocha, Jorge Yoshishilo Kobayashi, Orange Rezende e Silva, Luceni Quintina Corrêa, José Benedito Dias, Ronilda Ribeiro Machado, Roniclei Alves de Queiroz, Aleuto Teixeira Lata, Elciomar Paulo de Menezes, André Vidal Saeki Raizer e Eugênio Luiz Azambuja.

Polícia e Ministério Público investigam juntos os crimes, que incluem agiotagem com o dinheiro público e fraudes em licitação. A prefeitura não tem sistema de cobrança bancária das taxas e tributos, sendo pagos diretamente a servidores.

Donizete e o vice foram afastados pela Justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)