Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/05/2007 13:02

Mais um colabora com polícia e é solto em Cassilândia

Maristela Brunetto - Campo Grande News

O servidor municipal Orange Rezende e Silva colaborou com as investigações da Polícia Civil de Cassilândia e foi solto. É a terceira pessoa liberada desde que foi desencadeada a Operação Judas, para apurar fraudes com dinheiro público.
Em abril, tinham sido liberados Luceni Quintina Correia e o esposo Eugênio Luiz Azambuja.

Os dois tinham sido presos em uma primeira etapa da ação, que resultou em cinco prisões, quatro eram servidores. Depois ocorreram mais duas, incluindo a de Silva.

Na sexta-feira, a Polícia Civil concluiu o primeiro inquérito, com o indiciamento de 15 pessoas e identificação de 12 crimes.

Os indiciados são o prefeito da cidade, José Donizete Ferreira de Freitas, servidores e fornecedores. São eles: o vice, Sebastião Pereira da Silva, Waldimiro José Cotrim Moreira, Ana Regina Arantes, Ivete Vargas da Rocha, Jorge Yoshishilo Kobayashi, Orange Rezende e Silva, Luceni Quintina Corrêa, José Benedito Dias, Ronilda Ribeiro Machado, Roniclei Alves de Queiroz, Aleuto Teixeira Lata, Elciomar Paulo de Menezes, André Vidal Saeki Raizer e Eugênio Luiz Azambuja.

Polícia e Ministério Público investigam juntos os crimes, que incluem agiotagem com o dinheiro público e fraudes em licitação. A prefeitura não tem sistema de cobrança bancária das taxas e tributos, sendo pagos diretamente a servidores.

Donizete e o vice foram afastados pela Justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)