Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/12/2015 17:42

Mais um assalto na manhã de hoje assusta a população

Tribuna Livre

 

Em três dias, dois assaltos assustam a população de Paranaíba pela sensação de insegurança que toma conta da cidade. Depois do assalto da terça-feira (08), onde a vítima foi amarrada pelos bandidos em plena luz do dia, às 9h damanhã, outro assalto com as mesmas características ocorreu na manhã de hoje (10).


Desta vez, dois elementos bateram em uma casa, na rua Maria Rodrigues de Freitas, bairro Santo Antônio, em Paranaíba, e quando a moradora foi atender acabou rendida pelos marginais.


Os indivíduos anunciaram o assalto, entraram na casa, amarraram a mulher e os seus filhos, reviraram toda a casa, pedindo onde estava o cofre. A vítima disse que não havia cofre, quando então um dos bandidos ficou nervoso e bateu em sua cabeça com a arma. Durante o roubo, um dos bandidos falava com alguém por telefone, dando a entender que recebia ordens de como agir.


Eles continuaram a procurar por objetos de valor e fugiram com a caminhonete da vítima, uma S-10 Executive, que acabou sendo encontrada em frente à uma revenda de veículos.


Os ladrões levaram cartão de banco, dinheiro, joias, um aparelho de telefone celular, talão de cheques e documentos pessoais.


Na manhã desta terça-feira (8), por volta das 9h, um homem de 39 anos, também passou por momentos de desespero quando um indivíduo armado o rendeu em sua residência e junto a um comparsa o manteve sob a mira de uma arma. O fato ocorreu quando a vítima entrava com seu veículo na garagem de sua residência, na rua César Mário Mancini, no Jardim Redentora.


Segundo o Boletim de Ocorrências, quando a vítima entrava com o carro na garagem, o ladrão o abordou com uma arma em punho (provavelmente um revólver calibre 22) e mandou que ele se deitasse no chão e erguer as mãos. Em seguida chegou um comparsa, igualmente armado com revólver. O homem relatou à polícia que foi agredido com chutes nas costelas, causando-lhe hematomas.


Os ladrões disseram que a vítima tinha uma “casa de bacana”, enquanto eles “davam duro”. A vítima disse a eles que podiam levar a caminhonete, mas os ladrões pediram somente ouro, dinheiro, ou outros objetos de valor. A vítima ainda ouviu um dos bandidos falando com uma terceira pessoa ao telefone, que passava as ordens.
Os ladrões amarraram a vítima nos punhos e a boca com fita adesiva. Em seguida os meliantes fugiram levando duas bolsas, aliança, pulseiras, todos os documentos pessoais da vítima, cartões de bancos e um tablete. Os ladrões ainda disseram para a vítima não chamar a polícia, caso o fizesse, matariam toda sua família.


Fonte: Jornal Tribuna Livre

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)