Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

08/11/2017 18:18

Mais um acidente na região da Vaca Parida

Jovem Sul News
Foto: Ricardo – ClinicarFoto: Ricardo – Clinicar

A história se repete. Entra ano, sai ano e não se tem uma solução definitiva para a recuperação e conservação de uma das rodovias mais movimentadas de Mato Grosso do Sul, a MS-306.

Segundo uma empresa de guincho da cidade de Chapadão do Sul, os acidentes na rodovia tem sido constante. Se não bastasse a imprudência de muitos motoristas, os buracos na pista estão provocando sérios sinistros, colocando em risco todos os usuários.

Somente nesta terça-feira, 07 de novembro, ocorreram três acidentes com caminhões, atribuídos aos buracos na pista. O mais grave ocorreu na região da Vaca Parida, já dentro do Município de Cassilândia, um bitrem tanque saiu da pista e capotou. Felizmente não houve feridos ou vazamento da carga. Os vagões estavam carregados com sebo, produto não tóxico ou inflamável.

O bitrem ficou bastante danificado, fora da pista e o motorista nada sofreu. Os Bombeiros de Chapadão do Sul informaram que não foram acionados para atender à ocorrência.

A rodovia MS 306 passou a fazer parte de importante ligação entre o Centro-Oeste com o sudeste e sul do País. A MS 306 encurta o caminho e ainda, quem a utiliza desvia de pedágios da BR 163, privatizada.

Ocorre que a rodovia estadual não foi projetada ou construída para suportar pesado tráfego, como vem ocorrendo e amplamente denunciado às autoridades há vários anos.

Existe uma promessa do Governo do Estado em privatizá-la, uma solução para a sua reforma e conservação, já que o estado tem se mostrado incapaz de fazê-las.

O bitrem capotou e saiu da pista. 

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)