Cassilândia, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

08/11/2017 18:18

Mais um acidente na região da Vaca Parida

Jovem Sul News
Foto: Ricardo – ClinicarFoto: Ricardo – Clinicar

A história se repete. Entra ano, sai ano e não se tem uma solução definitiva para a recuperação e conservação de uma das rodovias mais movimentadas de Mato Grosso do Sul, a MS-306.

Segundo uma empresa de guincho da cidade de Chapadão do Sul, os acidentes na rodovia tem sido constante. Se não bastasse a imprudência de muitos motoristas, os buracos na pista estão provocando sérios sinistros, colocando em risco todos os usuários.

Somente nesta terça-feira, 07 de novembro, ocorreram três acidentes com caminhões, atribuídos aos buracos na pista. O mais grave ocorreu na região da Vaca Parida, já dentro do Município de Cassilândia, um bitrem tanque saiu da pista e capotou. Felizmente não houve feridos ou vazamento da carga. Os vagões estavam carregados com sebo, produto não tóxico ou inflamável.

O bitrem ficou bastante danificado, fora da pista e o motorista nada sofreu. Os Bombeiros de Chapadão do Sul informaram que não foram acionados para atender à ocorrência.

A rodovia MS 306 passou a fazer parte de importante ligação entre o Centro-Oeste com o sudeste e sul do País. A MS 306 encurta o caminho e ainda, quem a utiliza desvia de pedágios da BR 163, privatizada.

Ocorre que a rodovia estadual não foi projetada ou construída para suportar pesado tráfego, como vem ocorrendo e amplamente denunciado às autoridades há vários anos.

Existe uma promessa do Governo do Estado em privatizá-la, uma solução para a sua reforma e conservação, já que o estado tem se mostrado incapaz de fazê-las.

O bitrem capotou e saiu da pista. 

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 22 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)